10.10.12

Novos Poetas (1º C.I.N.E)

Como não encontro imagem e não me apetece scannar fica aqui uma imagem aleatória.

Novos Poetas (1º C.I.N.E)
Vários
Antologia Poética
2012

Este livro foi um amigo que me ofereceu quando estive em São Paulo, por alturas da Quinta Dimensão. É uma antologia poética com os 30 melhores classificados do Primeiro Concurso de Incentivo a Novos Escritores, concurso esse que não tem informação alguma na internet.

Como em todas as antologias, sobretudo as que têm diversos autores, a qualidade dos poemas é variável. De uma forma ou de outra não há um único que tenha métrica ou estrutura de poema, são todos "livres". E há pelo menos dois com erros de gramática e ortografia atrozes.

Não gostei mesmo nada daqueles que tinham a sensualidade como tema. Curiosamente todos escritos por moças.

Na realidade, só gostei de dois. Vou deixar aqui o que, de entre os dois, gostei mais:

Negro

Ouro Negro me perguntou se quero aquela mina.
- Ouro Negro, respondi, me dê somente a mina.

Ma depois de horas e horas, vejo o Ouro nas ruas da cidade.
Ouro me pergunta se quero do teu ouro
- Negro, respondo, me dê somente o Ouro

E depois de dias e dias, reencontro apenas o Negro, que me olha.
- Negro, pergunto eu. O que lhe ocorreu?
- Roubaram-me a parte Ouro, roubaram as minhas minas.
O que faço então cavalheiro?
- Nada, respondo eu, o cavalheiro. Roubaram-te, mas nada provarás.
Aguarde durante séculos e séculos.

Encontrei-o então recentemente, em uma dessas velhas Igrejas.
Mas ele apenas me olhou,
Não dizendo nada mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário