25.4.12

Luka e o Fogo da Vida

Luka e o Fogo da Vida
Salman Rushdie
2010
Romance

Já li este livro há algum tempo e pensava que tinha escrito um comentário para ele. De repente lembrei-me e não, não escrevi. Por isso, aqui fica!

Eu gosto muito de Salman Rushdie, pela sua imaginação insidiosa, narrativa louca e sonhadora e pela beleza das suas imagens. Mas este livro não tem nenhum dos elementos Rushdianos que eu adoro e foi um desapontamento.

Escrito como prenda de aniversário para o seu segundo filho, este livro conta a história de um mocito que gosta de jogos de computador e que entra no mundo da magia para salvar o seu pai, vítima de uma contra-maldição que o está a fazer desaparecer. O livro está organizado tal como um jogo, com saving points, com vidas para apanhar e com bosses intermédios e finais. O que torna a coisa um bocado estranha, porque quando imaginamos um menino a viver numa aldeia indiana não o imaginamos a jogar Mario Kart.

Cada pequeno mundo tem graça e originalidade, mas a maneira como está descrito, cheio de Definições-Tipo-Estas e Pessoas-Chamadas-Assim, é aborrecido e infantil, o que tira o charme de isto ser uma história para crianças.

Os personagens ganham força ao longo da história, mas todos os acontecimentos são demasiado convenientes.

A prova de que até os génios podem falhar, mesmo quando têm a melhor das intenções

Sem comentários:

Enviar um comentário