4.1.13

Um Coelho Cheio de Sorte

Um Coelho Cheio de Sorte
Ivo Dias de Sousa
2009
Gestão e Auto-ajuda

Este livro foi-me oferecido no encontro de BookCrossers de Lisboa, por um fellow BookCrosser, o Ivo. Como se pode reparar, foi ele que escreveu o livro. Serei eu leve para com as pessoas que conheço?

Ora bem, este é um livro que explica em forma de fábula, um outro livro, esse de Richard Wiseman (The Luck Factor). Explica-nos alguma coisa sobre a chamada "psicologia da sorte", mas aplicada ao nosso universo português de constante recessão e desemprego.

João Sortudo é um coelho que aprende a aproveitar oportunidades depois de ser despedido. Isto é, aprende a chamar a sorte a si. A escrita é simples e interessante, é apenas uma história sobre um coelho. O que se tira da história é que é o importante, mas o que se tira da história?

Por mais que eu gostasse de acreditar nisto da sorte, não sei se sou capaz. Ultimamente têm acontecido muitas coisas boas (<3), mas fui eu que as fiz? Por acaso acho que sim. Mas se estivesse sempre a pensar nisso acho que não o conseguia fazer. Por isso acho justo que haja pessoas com mais sorte que outras. Se fôssemos todos o Gastão e não houvesse Pato Donald o mundo seria muito menos divertido. Pense-se positivo, no entanto. Acho que é com a positividade que se deve viver, apesar de ser tão difícil. Eu tento, mas nem sempre sou capaz.

Sem comentários:

Enviar um comentário