7.1.13

Sword Art Online

Sword Art Online
Atsuhiro Iwakami - Aniplex
Anime - 25 Episódios
2012
6 em 10

Vi o primeiro episódio no Enkai e assim foi traçado o meu destino. Tinha de terminar esta série. Mas, para ser sincera, eu queria vê-la. Porque queria perceber. Andava (e ainda anda) toda a gente a falar disto, primeiro bem, depois mal, mas a conversa não parece morrer. E, agora que terminei, posso dizer, com toda a sinceridade que... Não entendo. Não percebo o hype à volta disto. É tão... Normal?

Ao início a ideia parecia promissora, um anime passado dentro de um jogo. Mas ao estabelecer as regras (morres se morreres no jogo) passou a ser apenas um vulgaríssimo anime de fantasia, igual a tantos outros, sem nada de especial que o distinga. A história é, está claro, vencer o jogo. Mas depois aparece uma história de amor um bocado desencaixada ("oh beijamo-nos! Vamos casar!") que progride para "vou salvar o amor da minha vida de um gajo doido num outro mundo de fantasia que deveria ser oh-deus super interessante" Isto tudo para dizer... Vulgar. Ah sim, adicione-se paixão incestuosa, agora já temos um anime avant-garde!

Podia compensar com personagens fascinantes, mas não temos nada disso. São simples ao início, continuam simples durante toda a série. Por mais gente que vejam a morrer, o que deve ser elevadamente traumático, não parece que isso os afecte muito mais do que "temos de vencer o jogo". Em termos de relações, temos tsunderice até dizer chega e de repente, bling, estamos apaixonados.

A música também é de uma normalidade exasperante. Apesar de ilustrar bem o chamado RPG de fantasia (eu só joguei Ragnarok durante uns tempos, mas imagino que seja assim), não transmite nada de especial, quer aos momentos sentimentais quer às lutas.

Mas este anime tem uma coisa boa, que é a arte. Se bem que as animações de lutas não saem fora dos parâmetros da normalidade, temos fundos muito detalhados e por vezes muito belos. Seria fascinante ter um jogo que fosse efectivamente assim. Mas não temos e ainda bem, imaginem a quantidade de NEETs que iriam nascer.

De uma forma ou de outra deu-me saudades de jogar Ragnarok. Alguém sabe de um server fofinho e bacanudo que seja pirata?

Sem comentários:

Enviar um comentário