8.12.12

OSTs que Vale a Pena Ouvir

Mesmo só tendo dormido quatro horas, achei por bem iniciar este projecto contínuo que é o de recomendar OSTs (Original SoundTracks). E serão... De Anime! (Estavam à espera do quê?)

Vou apenas falar um pouco sobre elas e colocar aqui algumas das minhas músicas preferidas de cada uma, para terem um exemplo, e o sítio onde as podem sacar para as poderem ouvir. Claro que com o contexto ficam ainda mais interessantes, mas por si só considero-as excelentes trabalhos e acho que são uma boa adição para a cultura musical de cada um de vós. Não que eu seja especialmente culta musicalmente... Tenho umas bases. Bem, são coisas que gosto. :)

Vamos lá!

Samurai Champloo




São quatro albums, compostos e produzidos por Nujabes, Fat Jon, Tsutchie e Force of Nature. Instrumentais jazzísticos, rap em geral. Ambientais perfeitos, mandam-me para um mundo de samurais muito mais belo do que nos diz a história.





Wolf's Rain



A cargo da grande Yoko Kanno. Músicas orquestrais variadas, uma ou outra com voz, todas elas surpreendentes. Trazem imagens bem definidas e algumas têm um certo arrepio que sabe bem.






RahXephon


Estranho trabalho de Ichiko Hashimoto. Muito conceptual, com traços surrealistas.




Michiko to Hatchin



Ora bem, este anime passa-se num país inventado que, por coincidência, se parece muito com um país real chamado Brasil. E assim é a música. Produzida pelo brasileiro Kassin, está integralmente em Português, com raras faixas instrumentais. Positiva, divertida, por vezes violenta, quase uma caracterização do país que imita.





Kara no Kyoukai



Poderosa. Grandes corais e um ambiente escuro. Meio tenebroso, quase indiferente.




Gravitation


Muito bem, gostam de pop? Gostam de pop pastilha-elástica tuti-fruti? Isto é o ideal para vocês. Considerem que o vocalista desta banda imaginada tem o cabelo cor de rosa e usa um casaco comprido cor de laranja fluorescente (ah, e é maricon, caso não tenham captado a ideia) e perceberão a piada por trás de cada uma destas músicas.



Aria




Eish que ficou tudo torto! Mas adiante. Esta OST define-se numa palavra: Amoroso. Muito suave, como uma gôndola num canal, piano lindo, vocais encantadores.



Cowboy Bebop


A cargo de Yoko Kanno & The Seatbelts. Música muito variada, com tonalidade de cowboy espacial.



Nodame Cantabile


Num anime sobre um maestro e uma pianista o que é que se espera? Montes de música clássica! E montes de coisas fofas também!


DDL

Legend of the Galactic Heroes


O maior dos clássicos dentro das Space Operas (ou Óperas Espaciais) envolve destruição em massa, grandes explosões, importantíssimas decisões políticas, mortes irrelevantes e montes de champô Herbal Essences ao som de grandes épicos da música clássica e das óperas clássicas. Não perder.





 Interstella 5555



A modos que é o album Discovery dos Daft Punk. E é só isso. E chega.






Detroit Metal City




Uma paródia ao género. E o género é metal. Death Metal, para ser mais específica.



Beck


Este é um anime sobre uma banda. E a música é aquela feita por essa banda. Bem divertida, com algumas covers de músicas que toda a gente gosta. Suponho que em termos de OSTs de anime isto seja o indie xD




Ghost in the Shell


Stand Alone Complex por Yoko Kanno e filme por Kenji Kawai. Músicas muito conceptuais, que canalizam perfeitamente o espírito cyber-punk.



Natsu no Sora

 
"British New Wave Electronic". Dizem eles. Curtido.


E por agora é isto! Mais coisas serão adicionadas com toda a certeza! Espero que se divirtam a explorar isto tal como eu me diverti a descobri-lo!


Sem comentários:

Enviar um comentário