9.11.12

Dumbo

Dumbo
Walt Disney
Animação Ocidental - Filme
1941
7 em 10

Ah e tal, vamos tripar-nos, vamos ver o Dumbo. Toda a gente sabe como é este filme: um elefantinho orelhudo é ostracizado pelos outros elefantes. Depois descobre que pode voar. Um filminho curto, mas amoroso.

Após breve pesquisa venho a saber que este foi um filme de baixo orçamento, desenhado para ser um sucesso de bilheteira e fazer dinheiro. É curto e, efectivamente, é pouco detalhado. Mas, na sua falta de detalhe, é bastante original. Dedicaram-se sobretudo à animação, pelo que temos sequências excelentes, como as alucinações e o voo. É um filme simples e colorido, mas de certa forma muito trágico e impressionante. Tudo de mal acontece ao Dumbo (e há quem tenha opinião de que a culpa é toda da mãe, que é um bocado atrasada mental), é deficiente físico, perde a mãe, torna-se palhaço, tem alucinações com elefantes cor de rosa... Aliás, repare-se quer esta é a parte para tripar, desde pequena que eu acho este filme perturbador por causa disso. Até os tratos aos animais do circo, que são obrigados a fazer performances complicadas e a carregar materiais para a construção da tenda é negro. Assim, este filme é um pouco pessimista, em contraste com a alegria do circo.

Simples e eficiente. Sem dúvida bom para tripar. E uma pessoa farta-se de chorar quando a mãe está a embalar o elefantinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário