3.4.14

O Vestido

O Vestido
Milene Emídio
2011
Novelleta

Esta autora esteve na Convenção do BookCrossing e foi muito giro conversar com ela. Houve um momento em que ela perguntou se eu era Wiccan, como que a confirmar, ao que eu respondi... "mais ou menos?" Questionei-me como poderia ela saber. Já não uso pentagrama nem nada. Mas depois de ler este livro, já me faz mais sentido ela descobrir isto. Porque o livro é, essencialmente, uma narrativa sobre a Arte da Deusa, que eu pratiquei durante tanto tempo. Sabiam disto? Pois bem, agora já sabem. :) Sou pagã de coração.

A narrativa é muito simples e está tudo escrito de forma muito directa, sem grandes floreados sobre emoções, sobre paisagens, sobre tudo. Assim, é muito fácil de ler. Mas confesso que não foi a história que me cativou. A história é muito interessante e o mistério é bem estruturado, apesar do final um pouco simplificado... Mas não foi isto. Foi o quê?

Foi a descrição das práticas da Arte. A autora deve conhecer bem, pelo menos algumas vertentes New Age, porque estão descritos rituais e encantamentos que também eu conheço bem. Ao ler, lembrei-me do quanto gostava de fazer isto, de estar dentro da minha fé, de acreditar em alguma coisa. Bem, ainda acredito em alguma coisa, mas não sei que nome tem. Era isso o que eu gostava de descobrir (que nome tem), por isso comecei a estudar. Até fiz um blogue, que não vou partilhar porque é sobre - wtf - religião. Paganismo. Mas parei, não tenho tempo. E agora, onde encontrar tempo? Esta leitura inspirou-me a encontrá-lo.

Apesar deste vínculo pessoal que criei com o livrinho, há algumas coisas nele que não se ligaram muito bem aos meus neurónios. Nomeadamente, a exactidão histórica. Creio que seria importante mais alguma pesquisa. Os amuletos usados em Portugal, concerteza seriam de pedraria encontrada facilmente em Portugal. E com toda a certeza que uma herdade de pessoas ricas na época medieval não poderia albergar uma comunidade pagã ou estariam todos na fogueira. A menos que o livro se passe antes, mas não há nada que o indique. Isto é, pequenos detalhes no que acontece tornam a história muito pouco verosímel.

Mas tornou-se uma história bem especial para mim. Por isso agradeço à autora a oportunidade que leu ao BookCrossing de ler este livro e ao BookCrossing por mo emprestar. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário