7.8.13

200 Anos de Poe

200 Anos de Poe - Antologia Comemorativa dos 200 Anos de Edgar Allan Poe
Edgar Allan Poe (Edição de António Vilaça)
2009
Contos

Um estranho livro para um estranho autor. Comprei este livro horizontal a propósito de uma promoção da Editora Saída de Emergência, que aproveitei em grande (como podem ter reparado).

São sete contos, que passarei a comentar um a um, brevemente:
  • A Carta Furtada - Um policial muito simples à moda do Sherlock e Agathas e essas gentes, sobre uma carta escondida da maneira mais básica.
  • A Queda da Casa de Usher - Um terror gótico sobre uma casa assombrada e um hipocondriaco.
  • O Escaravelho de Ouro - Piratas. A resolução do mistério tem o seu quê de complexidade e gostei bastante, porque os personagens eram muito divertidos.
  • O Coração Delator - O meu favorito, sobre um assassino.
  • Berenice - O meu segundo favorito, sobre um tipo que é assombrado e fica maluco sem sequer se aperceber.
  • A Máscara da Morte Rubra - Um conto de fadas que dava um belo filme de terror.
  • O Homem da Multidão - Um homem segue um desconhecido no meio da multidão e o desconhecido é estranho.
Gostei bastante, sobretudo dos contos mais horripilantes. São estes que distinguem Poe como o fundador da literatura gótica e fantástica que tanto apreciamos hoje em dia. Os outros, os mistérios, também são giros, mas são menos impressionantes e "mexem" menos com as emoções do leitor.

Tinha lido muito pouco de Poe, apenas alguns poemas, mas com estes contos fiquei com vontade de ler mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário