25.2.13

Gakuen Utopia Manabi Straight!

Gakuen Utopia Manabi Straight!
Yamanaka Takahiro - ufotable
Anime - 12 Episódios
2007
6 em 10

Já tinha ouvido falar deste anime, mas não fazia ideia do que era. E estranhei que fosse um moemoekyun ao ver o nome da produtora, já que ufotable foi o mesmo que nos deu Kara no Kyoukai e Fate/Zero. Bem, devo dizer que a ufotable fica melhor dramas de acção do que moesmoeskyuns.

Manabi Straight passa-se num futuro não muito distante em que a natalidade é tão reduzida que os miúdos deixaram de ir à escola para irem trabalhar. O que não faz grande sentido, mas aceitemos. Agora, o que não faz mesmo sentido e que eu não consigo aceitar é que, havendo já tão poucas escolas e tão poucos alunos, se dêm ao luxo de ter uma escola exclusivamente feminina. Manabi transfere-se para esta escola e torna-se imediatamente membro do "student council" (creio que será algo semelhante à associação de estudantes). O anime segue-a e às suas amigas em actividades fofas de meninas fofas até ao culminar num esforço exuberante para ter um festival na escola. Por razão incompreensível querem deixar de o fazer, mas elas querem-no à mesma.

É um anime muito básico em todos os termos, excepto por um episódio em que cobrem a temática do bullying. O mesmo se aplica às personagens, todas muito pouco fundamentadas, com excepção para a menina da boca de gato (e aprender os nomes, não?) que aparenta um desenvolvimento muito leve quando exploram a sua relação com as novas amigas (episódio do fogo de artifício).

A arte corresponde aos níveis de produção a que este estudo nos habituou, apesar de um ou outro momento de CG arquitectónico pavoroso. Mas... Os designs. Vamos ver uma coisa Japão: se querem um anime com meninas de 10 anos, façam-no sobre uma escola primária. Não o façam sobre uma escola secundária em que todos aparentam ter 10 anos (excepto o irmão de Manabi, que é um fixe). Esta infantilidade, este excesso de moeficação, apenas prejudica a série. Pois causa-me irritação. E a série até é interessante. Mas causa-me irritação.

O anime tem muitos momentos musicais, alguns deles bastante bonitos (veja-se o cantar do hino da escola). A OP é muito simpática. Uma nota para a animação stop-motion da ED, que dá alguma frescura à série.

DDe todo o moe que vi e tenho visto este é um dos melhorzinhos. Apesar de me causar irritação.

Sem comentários:

Enviar um comentário