20.12.12

Gilgamesh

Gilgamesh
Murata Masahiko - Group TAC
Anime - 26 Episódios
2003
6 em 10

Não, não é a banda. Não, não é o rei dos reis todo nu. Mas podia ser. Um anime interessante, sem dúvida.

A premissa é boa. Num universo que não é bem pós-apocalíptico, certos jovens têm um poder telecinético (Dynamos) e procuram lutar contra um grupo de criaturas, com objectivo de solucionar o problema do céu. O céu está coberto por uma coisa cinzenta, um espelho. Mas eles não lutam por razões morais. Lutam porque lhes mandam. E aí se encontra o erro. Os personagens pouco desenvolvem e o seu desenvolvimento é baseado nas relações uns com os outros. Foca-se sobretudo na interacção de dois irmãos, filhos do terrorista que causou esse problema existencial do céu. Depois há um mau muito mau e um êxtase final. Mas porquê? Não cheguei a perceber.

Este anime poderia ter sido muito melhor se não fosse a arte. É por demais deprimente. Apesar de o ambiente, escuro em tons de cinza (lembrando certo livro que não li), está tudo muito mal feito. A animação é uma desgraça, com muito pouca atenção ao detalhe e muitos erros básicos (por exemplo, estarem a beber café e na cena seguinte já não existirem as canecas que eles tinham pousado em cima da mesa). Os designs são interessantes, sobretudo no que respeita aos cabelos, mas a animação infeliz estraga o potencial.

O ambiente também é conseguido com a música, que é bastante interessante. Mas um pouco repetitiva. Sempre a mesma orquestra épica em todas as cenas de luta e sempre as mesmas músicas em piano. A música deveria ser uma parte importante deste anime, mas é parca. Fica a nota para a OP, que gostei bastante. Aliás, vou passar a colocar link das músicas que gosto nos animes nos respectivos comentários, começando agora:


Interessante, mas nada de especial. Admiro-me que me tenha conseguido interessar por dezasseis episódios. Não costuma ser assim.

Sem comentários:

Enviar um comentário