3.10.12

Now and Then Here and There

Now and Then Here and There
Daichi Akitarou - AIC
Anime - 13 Episódios
1999
7 em 10

Anime que estava na calha por razões clubísticas, do qual não esperava muito. E na realidade, cada uma das partes não é nada de mais, mas a soma delas transmite uma mensagem poderosíssima.

Shu é um jovem bem disposto, o típico genki shounen, que é levado para um mundo pós-apocalíptico sem água, aparentemente 10.000 anos no futuro. Lá é posto à prova na cidade fortaleza Hellywood, dominada por um Rei Hamda que, por sua vez, quer dominar o mundo. Ora, é factor comum que gente que quer dominar o mundo é passada da caixinha dos pirulitos. Por isso é que eu não quero ser dominadora do mundo. Quero ser presidente do mundo. Eleita democráticamente.

Adiante. Esta história é muito vaga e tem alguns elementos inexplicáveis. Porque é que a Abelia não dá um chapadão na fuça do Hamda? Porque é que só o Hamda é que tem tecnologia? Porque é que no final... Spoilerspoilerspoiler.

A arte também não é nada de extraordinário! É aquele estilo que já sabem que eu não gosto. Cenas de luta são envolventes, sim. Mas são alguma coisa de especial? Não me parece.

E a música? Repetitiva, vulgar, muito fraquinha.

Então porque é que eu de 7 a isto? Porquê meus senhores? PORQUÊ?

Porque todo o anime é de uma envolvência, de uma intensidade e de um poder indescritíveis. Têm de ver. Existem várias variedades de personagens, que vão evoluindo à medida que as situações vão aparecendo. Assim, o genki bói não pode fazer mais do que se entregar ao desespero e à raiva, pois está rodeado disso e disso apenas. Por outro lado, o soldado que reconhece que está a cometer loucuras e, assim, se entrega a uma redenção apática. E depois a apoteose. Estamos rodeados de caos, de horror, de guerra, mas ainda há esperança. Ainda há "água". As pessoas ainda podem ser boas. Ainda podemos recomeçar. E é isso que é poderoso neste anime. E é por isso que eu o recomendo.

Sem comentários:

Enviar um comentário