12.3.13

A minha verdade é o amor

A minha verdade é o amor
Luanne Rice
2007
Romance

Porque é que eu pedi este livro no BookCrossing? Sei lá, pareceu-me interessante. Quando o mostrei aos meus amigos disseram "é mesmo literatura de gajas". E é mesmo, apercebi-me mais tarde.

Bernie é freira e Tom é o seu jardineiro. Amam-se e tiveram um filho, mas depois ela virou freira, coisas da vida. Teve uma revelação da virgem. Entretanto o seu filho, Seamus/James vive no orfanato com Kathleen. E amam-se. Mas acabam separados. E assim o livro consiste em: Bernie e Tom à procura do filho; todos à procura de Kathleen. Com revelações da Virgem Maria à mistura, mas isso não é nada impressionante.

Não é que o livro esteja mal escrito. Foi claramente feito por uma dessas "profissionais da escrita", o pessoal que tira cursos para aprender a escrever e que eu desprezo profundamente. Mas não tem alma. As descrições são estéreis e existem demasiados personagens sem qualquer relevância para a história que são explorados em pormenor desnecessário. A história em si é previsível, com os seus momentos trágicos mas acaba tudo em bem. Acaba sempre tudo em bem. Estava-se mesmo a ver que ia acabar tudo em bem.

Não foi um livro motivante. Deixa-me triste que uma árvore tenha de ter morrido para que este livro exista.

Sem comentários:

Enviar um comentário