19.3.12

Fate/Stay Night




Fate/Stay Night
Ueda Shigeru - Studio Deen
Anime - 24 Episódios
2006
6 em 10

À conta da bacana loira da qual toda a gente faz cosplay eu queria ver isto. Digamos que não valeu muito a pena. Que raio de personagem mais bidimensional para toda a gente adorar!

Aparentemente este anime foi inspirado num daqueles jogos pornográficos (que eu até gosto, desde que estejam exclusivamente populados por jovens másculos vestidos de cabedal). Isto significa que a história, que até tinha um interesse mínimo ao início, se transforma num harem passado alguns episódios. O que significa que, pois é, se torna deveras estúpida.

A arte é bastante medíocre e as cenas de acção são feitas com pouco gosto e gastando recursos inúteis. Para que é que precisam daquelas chamas todas? Em vez de chamas podiam ter dado mais atenção aos fundos, sobretudo nas cenas de conversa prolongada. Não há igreja mais chata que aquela, mas ao menos as pessoas morrem quando são mortas. Ou, parafraseando a senhora Lili Caneças, estar morto é o contrário de estar vivo. E, além disso, as pessoas vivem e morrem.

A música é um detalhe agradável e dá ambiente às conversas chatíssimas que esta gente toda tem.

Os personagens... Bem, um conjunto de recortes da caixa do Chocapic. Excepto a Saber, que é sem dúvida da caixa das Estrelitas. A parte interessante é que, supostamente, cada um destes servos representa um grande herói da história da humanidade. Adivinhar quem é quem é a parte mais gira. Quem diria que aquele gajo que conquistou a Europa toda mais a Ásia era um ganguro?

Diz que isto fica bom quando se chega a Fate/Zero. Está aqui para ver.

Sem comentários:

Enviar um comentário