16.11.16

O Livro da Selva

O Livro da Selva
Jon Favreau
Filme
2016
4 em 10

Na verdade, eu nem queria em absoluto ver este filme. Sabia que não ia gostar. Mas quando o filme que íamos ver deu erro, acabámos por pegar neste, que estava ali mesmo à mão. E, pois é... Não gostei.

Inspirado livremente tanto no filme de animação da Disney, que continua a ser a produtora deste remake em live-action (penso que numa tentativa de "reformar" os clássicos para um público mais jovem e apreciador dos métodos digitais), tal como no livro de Rudyard Kipling, conta a história de um menino na selva que foi criado por lobos e que tem de voltar para a humanidade por ameaça do perigoso tigre Sherekan.

A história é boa, apesar do final desagradavelmente pouco exacto, e os diálogos são bastante bons, com interpretações de actores de luxo que fazem um excelente trabalho.

O problema aqui está na imagética. Os animais, os cenários, TUDO, é digital. E tudo é horroroso. Técnicas arcaicas, sem fazer um bom uso da tecnologia e dos meios de produção disponíveis, a maior parte das vezes pareceu-me que estava a ver um jogo da playstation 2. Por alguma raão o rfoco principal do filme estão em cenas de acção que não fazem qualquer tipo de sentido. Porquê um tigre a lutar com uma pantera? Uma cobra a lutar com um urso? Um tigre a lutar contra um lobo? E porquê animais que não deveriam estar juntos, por não viverem no mesmo habitat, estão todos reunidos nesta floresta indiana? Kipling era *muito* exacto na localização geográfica e na ecologia das suas histórias. Este filme não faz jus à obra que pretende adaptar.

Para além disso, este miúdo que faz de Mowgli não convence ninguém. A minha teoria é que deve ser filho de um produtor qualquer e que nem sequer tem a mínima formação de actor. As suas falas são ditas com pouca clareza, com um realismo forçado, sem qualquer tipo de ligação com o personagem. Para além disso, o miúdo não faz quase acção nenhuma, sendo as cenas mais "perigosas" (digamos assim) retratadas de forma totalmente digital, o que é absolutamente evidente devido à falta de qualidade dos métodos usados.

Um filme que desaponta. E muito. Não esperava muita coisa dele e ainda assim fiquei horrorizada.

Sem comentários:

Enviar um comentário