Categorias

Explore this Blog!

Em Português: Anime | Manga | Cosplay | Livros| Banda Desenhada | Filmes | Teatro | Eventos

In English: Cosplay Portfolio (Updating) | SALES

20.2.19

Tsurune

Tsurune
Yamamura Takuya - Kyoto Animation
Anime - 13 Episódios
2018
4 em 10

Nunca na minha vida me tinha ocorrido. Na verdade, nunca tinha pensado. Nunca tinha pensado que pudesse haver um KyoAni mau. Tsurune veio a provar que estava errada.

É tremendamente mau.

Imaginemos que todos os animes da Kyoto Animation estão reunidos nas termas em Kyoto, numa reunião para decidir que anime é que vão fazer a seguir. Todos decidem escolher um representante do que está errado com eles mesmos, isto é, uma parte má de cada anime da Kyoto Animation é seleccionada para fazer parte da sua nova produção.

Tudo isso em reunião deu Tsurune como resultado. Um anime desinspirado, aborrecido, em que a produção parece nem sequer se esforçar para ter nada de giro, bonito, interessante, ou história ou personagens ou nada.

Tudo o que podia correr bem... Nem disso posso falar, porque parece mesmo que há um esforço para tornar o anime o mais desinteressante possível.

KyoAni, estamos todos tristes contigo.

Keijo!!!!!!!!

Keijo!!!!!!!!
Takahashi Hideya - Xebec
Anime - 12 Episódios
2016
5 em 10

Eles tinham dito "isto é o melhor anime do ano". Eles disseram "recomendo vivamente que vossa senhoria veja". Eles disseram estas coisas e eu fui ver o anime do queijo. Valha-me a senhora do outro!

Um novo desporto surge no Japão, com apostas incluídas! Keijo (!!!!!!) é um desporto aquático, em que raparigas (ou senhoras) disputam o último lugar em cima de um espaço flutuante, atacando-se e defendendo-se mutuamente com movimentos de RABÓIDE e de MAMÓIDES.

O resultado é um anime de desporto absolutamente emocionante. Tão emocionante quanto ridículo, pelo menos. É uma viagem memorável, enquanto assistimos a batalhas emocionantes com conversas muito filosóficas entre personagens definidas pelos seus atributos gordurais. E são memoráveis todos os ataques que estes rabos e seios conseguem acertar numas e noutras, partindo maxilares, costelas e espinhas dorsais, atirando as suas oponentes para debaixo de água e tornando-as em LOSER.

Infelizmente, este anime beneficiaria muito de uma animação a condizer com a emoção que este jogo inventado nos traz. Temos uma produção apressada, mal distribuída, tentando dar o máximo da acção mas falhando redondamente devido às muitas impossibilidades da anatomia.

Ainda assim, fiquei cheia de vontade de ver a segunda season! Destruam-me!

Os Cus de Judas

Os Cus de Judas
António Lobo Antunes
1979
Romance

Mais um livro de António Lobo Antunes, desta feita um dos mais antigos. Talvez o início da linha para sempre recorrente no autor, a reminiscência da guerra.

Apesar de o tema ser um que me desagrada um pouco, por já o ter lido tantas vezes em outros livros, em "Os Cus de Judas" ele é abordado de uma forma ainda um pouco imatura e sem uma análise da mágoa profunda, como nos outros exemplos. Isto é, de certa forma, bastante refrescante, pois é ver o tema abordado "em fresco", digamos assim, quando ainda não houve a maturação da ideia a ponto de esta ser apenas uma memória semi-digerida do horror.

A forma de usar as palavras, neste livro, mostra porque é que ALA viu o sucesso e mostra realmente o seu talento primário. Porque ele não conta uma história de um romance, ele conta a sua vivência, a sua imersão na pestilência, e o desejo que sente, o desejo que o apavora.

Apesar de se notarem algumas situações erráticas na escrita (nomeadamente, a repetição quase incessante da palavra "côncavo"), penso que este é um dos melhores livros de Lobo Antunes

Todos Lo Saben

Todos Lo Saben
Asghar Farhadi
2019
Filme
6 em 10
Um filme espanhol com uma belíssima colecção de estrelas de cinema para mostrar. Estas, como é certo, fazem bem por ganhar a sua fortuna, mas de resto...
 
Uma mãe de família residente na Argentina, viaja para a sua Espanha natal para o casamento da irmã. Durante o casamento, enquanto se vão descortinando algumas das relações interpessoais entre as diversas personagens. Quando uma surpresa desagradável acontece, estas relações serão levadas ao máximo da tensão de forma a tentar aplacar o desespero que se abate sobre esta família e os que lhe estão mais próximos. 
 
No entanto, apesar de termos aqui um conjunto de interpretações excelentes, as persoangens não possuem assim tanto dentro delas para que compreendamos a profundidade dos seus sentimentos. Apesar de terem algo de profundo, sem dúvida, as personagens retratadas são de traços gerais e simples. Isto faz com que o seu desenvolvimento seja  previsível e pouco emocionante.
 
Também a imagem fica aquém das expectativas, não se aproveitando de forma alguma do cenário, desperdiçando a oportunidade artística do lugar.
 
Este é um filme que vale pelas interpretações, mas que de resto me desapontou.

Climax

Climax
Gaspar Noé
2018
Filme
7 em 10

Somos jovens, somos franceses e somos bailarinos. Todos ensaiamos numa escola remota, numa noite de neve. Ah, e a sangria tem ácidos.

Num espectáculo de dança e terror, assistimos a toda uma noite de pesadelo, em que tudo o que parecia normal se torna grotesco. Filmado em quinze dias, um script de cinco páginas, supostamente inspirado numa "coisa que aconteceu" algures em 1996. Um grande take que nos leva até a um medo íntimo, uma mistura de todas as coisas que podiam correr pelo pior.

Livres para dançar, os actores viajam entre o espaço confinado de uma escola, longos corredores, para se depararem com situações cada vez mais bizarras e difíceis de enfrentar. A sucessão de cenas terríveis que podiam acontecer numa situação assim é rápida e violenta. E eu consigo compreender de onde vem esta ideia.

Porque pode mesmo acontecer.

Portanto, para a próxima vez que quiserem avisar os jovens para que não fumem, nem bebam, nem usem drogas, mostrem este filme.

19.2.19

Intimidade

Intimidade
Hanif Kureishi
1998
Romance

Pelos vistos deu um filme que é muito erótico, mas o livro tem muito pouco de erotismo.

Um homem está prestes a partir da sua casa, deixando a esposa e os dois filhos. Estes são os seus pensamentos antes de se decidir a partir. As dúvidas, as suas razões. A razão pela qual o faz em segredo. Os seus desejos mais íntimos, a sua sexualidade mais íntima. O porquê de não se sentir feliz neste casamento, o porquê de detestar com calma a sua esposa e de não conseguir mais lidar com a situação.

Não temos uma linha de uma história, com princípio, meio e fim. Trata-se apenas de uma prolongada reflexão, em que o personagem revela o que realmente quer da sua vida íntima: a sexualidade. No fundo, este personagem acaba por ser uma pessoa terrível, que é difícil de ser agradável, pois a sua justificação para tudo encontra-se nos cheiros das outras mulheres em comparação com as diversas texturas da sua.

Existem momentos de grande tensão sexual, isso sim, mas são precisamente tão metódicas, frias e analisadas sob a perspectiva do próprio que não têm carga erótica.

Uma boa experiência, mas não recomendaria.

A Favorita

A Favorita
Yorgos Lanthimos
2018
Filme
8 em 10
Filmes de época são feitos para mim, porque adoro as roupas. Mas no caso de A Favorita, não foram só as roupas que eu adorei!

A Rainha Anne de Inglaterra tem uma vida pouco intensa e cheia de fragilidades. É apoiada, na sua doença e nas suas necessidades imediatas, como bolos e meias, pela sua melhor amiga e amante. No entanto, a prima desta vem da sarjeta e vai fazer tudo para subir na vida. Mesmo que isso signifique destruir tudo à sua passagem.
 
Este é um filme cheio de detalhes engraçados e interessantes que caracterizam toda a vida numa corte europeia, da pior maneira possível. Por exemplo, encontramos algo de ridículo em todas as figuras masculinas, o que se torna grotesco e hilariante no processo. Também os diálogos são ácidos, violentos e cheios de um sarcasmo suculento.
 
Impressionou-me de sobremaneira a actuação das três actrizes (sobretudo a Rainha) , que enchem de naturalidade estas figuras tão estáticas como são as da nobreza. Esta naturalidade é tão mais impressionante quanto a história se desenvolve, acabando por concluir numa relação de poder espectacular e dolorosa.
 
Existem também alguns símbolos que podemos ter a liberdade de interpretar, mas deixarei isso para as conversas. :)
 
Um filme que recomendo vivamente e que espero que venha a sair premiado nos oscáros.