8.11.16

AmadoraBD 2016

AmadoraBD 2016
Evento
Este ano, esperei mesmo até à última. Mesmo, mesmo. Só fui ao AmadoraBD no último dia. Do que estava à espera? Que anunciassem o dia do cosplay. Nunca foi anunciado. A única coisa relativa no site do evento era que quem viesse vestido a rigor tinha entrada gratuita. Mas skits, desfile, alguma coisa... Nada. 
 
Penso que isto marca o fim de uma era. O AmadoraBD, ex-FIBDA, foi um dos primeiros locais a aceitar cosplay como parte do seu programa. Agora parece que tudo está diferente. Eu penso que sei a razão pela qual nada aconteceu este ano, mas guardo-a para mim para não ferir susceptibilidades. Ainda assim, acho que vou mandar um e-mail para lá a perguntar as causas, só mesmo para saber.
 
Não que seja importante saber. Não houve cosplay e é isso. Se houve, foi tão restrito que nem soube de nada. 
 
Adiante!
Chegámos por volta das cinco e meia, ainda faltava algum tempo para encerrar o evento. Anúncios periódicos avisavam-nos "falta x horas e y minutos para encerrar e não irá abrir amanhã". 
 

 
 
A exposição principal deste ano tinha um tema interessante: o espaço e o tempo na BD. Seguimos algumas BDs por partes, desde a primeira página até à página do fim. No entanto, as actividades sugeridas não eram muito interactivas, como era habitual. Havia, em vez disso, várias pequenas salas em que passavam vídeos e sons de inícios, meios e fins de filmes e séries.
 




 
 
Depois havia uma pequena exposição dedicada a Lucky Luke, que faz 70 anos. Esta BD nunca me interessou, nunca me despertou qualquer tipo de emoção. Na verdade, até a achava bastante chata. Assim, a exposição não nutriu grande interesse para mim, para além de que não tinha muita coisa para além de citações de páginas e painéis, sem muito da planificação, argumento ou rascunho.

Morri
 
No meio estavam as lojas, mas já voltamos a elas porque só lá fui mesmo no final para gastar dinheiros. Também estavam as pessoas a dar autógrafos, mas não conhecia a obra de ninguém (excepto a do Mário Freitas, organizador do Anicomics e mente da Kingpin Books, que por acaso até ganhou um prémio catita. Fiquei com pena de não o ter achado, para lhe dar os parabéns pessoalmente, já que não o fiz na net)
No andar de baixo estavam outras exposições temáticas, específicas para várias BDs da actualidade e outras mais antigas. Havia também uma secção de ilustração infantil e um auditório em tudo semelhante ao do ano passado, onde estavam a passar curtas metragens de animação. Existia um espaço para crianças desenharem e uma exposição bastante grande das BDs que saíram este ano, incluindo coisas tão improváveis como volumes da Comix. Em compensação, o universo das zines parece ter sido ignorado.
 
Pude ver os participantes do concurso nacional de BD deste ano, sendo que algumas coisas me pareceram cheias de potencial. Mas, confesso, gostei mais das obras do concurso de ilustração. O tema deste ano era a ponte 25 de Abril. 











Finalmente, as compras! Eu tinha em mente comprar uma série de coisas e comprei todas, mais uns extras. Aqui estão elas:

  • "O Diário do Meu Pai", de Jiro Taniguchi, que queria desde o seu lançamento e nunca o apanhei
  • "Luna Park", que me interessou no lançamento mas que perdi oportunidade de comprar
  • "Crumbs", antologia de autores da Kingpin, que desde o início me pareceu interessantíssimo
  • Uma zine que estava a um euro
  • "Cadernos de Fausto", de Rafael Dionísio, com quem tive um curso e que achei piada comprar para ler, até porque estava em promoção (bahaha)
Depois viemos para casa e jantámos e foi fixe e não aconteceu a tragédia que aconteceu no ano passado (que foi descobrir a minha classificação medonha do Eurocosplay e chorar milhões).

Sinto que esta exposição está, de ano para ano, um pouco mais fraca. Os temas escolhidos parecem despropositados e preparados para chamar um público já idoso e crianças, sendo o resto da comunidade fã de banda desenhada plenamente ignorada. Não sei que rumo procuram para o AmadoraBD. Por mim, continuarei a ir na esperança de ver novas coisas.

Sem comentários:

Enviar um comentário