3.1.17

Yellow Submarine

Yellow Submarine
George Dunning
1968
Animação
6 em 10

O primeiro filme de 2017 não deverá ser visto por epilépticos. Muito menos deve ser visto depois de se consumir estupefacientes alucinatórios. Porque é uma trip dos diabos!

Vagamente inspirado pela música dos Beatles, tendo estes como personagens principais, conta - mais ou menos - a história de um submarino amarelo que procura a forma de salvar uma terra (a Pepperland) dos malvados Meanies Azuis. O submarino passa por vários mares, cada um mais estranho que o outro, e os Besouros têm de vencer as forças do mal através do poder da música.

Em termos de história e personagens, este filme não mostra muito: trata-se mais de uma sucessão de sequências de animação tendo uma música da banda como base. Estas sequências são, sem dúvida, de uma qualidade superior, especialmente considerando a data de produção deste filme. Temos uma excelente utilização de perspectivas, alguns momentos alucinantes em termos de formas e cores e um design de criaturas que combina a imaginação mais fértil com o pesadelo mais infantil. No entanto, os designs de "pessoas" estão muito fracos, assim como a sua animação.

A banda sonora é a da banda, da qual eu não sou a maior fã, mas juntamente com as sequências cada música se torna numa nova situação.

Achei apenas que os Beatles em si foram caracterizados como um grupo de pessoas aparentemente indiferente ao que os rodeia por excesso de consumo de coisas, o que não os torna pessoas muito divertidas.

Foi uma boa forma de começar o ano!

Sem comentários:

Enviar um comentário