14.4.17

Vinte Poemas de Amor e Uma Canção Desesperada

Vinte Poemas de Amor e Uma Canção Desesperada
Pablo Neruda
1924
Poesia

O Qui queria que víssemos um filme sobre o Pablo Neruda, mas eu nunca tinha lido nada do autor. Não gostaria nada de ver o filme sem saber nada sobre ele! Então, pedi no BookCrossing se alguém faria o favor de me ceder uns livros para ficar a conhecê-lo melhor. Prontificaram-se logo para me ajudar e, assim, comecei por este!

Este é um conjunto curto de poemas, numa edição bilingue com tradução brasileira, que tratam sobre o amor apaixonado e a celebração do corpo feminino, sempre associado a uma imagética natural relacionada com plantas e elementos aquáticos, de que o autor parece gostar muito.

São poemas um pouco imaturos, escritos na juventude, muito directos ao tema da sexualidade feminina e da paixão que o autor revela por esta e pelo materialismo da mulher como objecto.
 
 Como primeira leitura, pareceu-me bem, embora o tema seja um pouco comum ou mesmo vulgar.

Sem comentários:

Enviar um comentário