30.4.17

Alegria Breve

Alegria Breve
Vergílio Ferreira 
1965
Romance
Mais um livro que trouxe da LFL da Quinta das Conchas. Este trouxe-o porque sempre gostei imenso da maneira de escrever deste autor. :)

Este é um livro denso, contemplativo, que toca num assunto que continua, até aos dias de hoje, em grande debate: o abandono das aldeias do interior e o isolamento dos idosos que continuam a viver por lá. De uma forma quebrada, sem ordem cronológica, o autor mostra-nos um pouco da vida e das perspectivas de Jaime, um antigo professor primário que se vê sucessivamente abandonado pelos habitantes da sua aldeia.

Existem cenas de elevada violência emocional, sobretudo aquelas relacionadas com os cães, mas este livro é sobretudo um exercício de um personagem que nunca descobrimos se é realmente louco, se enlouqueceu devido à solidão ou se simplesmente aceita as situações desta forma inusitada.

Adorei a forma como o livro está escrito, simples mas sem ser absolutamente directa.

Mais uma vez, este autor não desaponta!

Sem comentários:

Enviar um comentário