1.9.16

Full Metal Jacket

Full Metal Jacket
Stanley Kubrick
Filme
1987
7 em 10

Primeiro filme das micro-férias. :) Já tinha tentado ver este filme uma vez, mas estava tão cansada que tive de ir dormir. Ficou em stand-by até esta altura.

Este é mais um filme sobre os horrores da guerra do Vietname. No entanto, não podemos dizer que seja "só" mais um filme. Porque, afinal, este trata do assunto com semelhante crueza e humor negro que nos mostra uma faceta completamente diferente sobre o tema.

Tudo começa no campo de treino para novos soldados. Lá, eles são atormentados por um sargento com contornos psicóticos, que os maltrata ao ponto de rotura. Será que acontecerá realmente essa rotura? Um dos cadetes é uma vítima especial e não está a conseguir lidar com a situação. As consequências disso irão ter repercussões naquele que se revelará ser o personagem principal.

Numa segunda parte, completamente distinta, seguimos esta pessoa pelo meio da guerra propriamente dita. Aqui, Joker (é o seu nome) é um correspondente de guerra. No entanto, seja da sua própria personalidade ou parte da lavagem cerebral que lhe infligiram enquanto cadete, o seu maior desejo é matar. "Nascido para matar" é o seu mote, para além do título do filme em português. Assim, ele procura encontrar os momentos mais perversos para relatar, fotografar e, eventualmente, neles participar activamente.

É um filme cheio de um humor pervertido que pode mesmo chegar a chocar quem não esteja preparado para o autor. Também é um filme que, através destes momentos, nos relata uma guerra pavorosa. Não precisa de mostrar nada de gráfico, nem pregar sustos nem dar a ver tragédias. O próprio ambiente do filme nos mostra aquilo que se passa e o quão loucas estavam todas estas pessoas.

Mais uma vez, Kubrick não desaponta.

Sem comentários:

Enviar um comentário