1.9.16

A Serious Man

A Serious Man
Ethan Coen & Joel Coen
Filme
2009
6 em 10
 
No terceiro e último filme das micro-férias, assistimos a mais um trabalho dos irmãos Coen, dupla de que gosto imenso. Esta é uma película sobre a tradição judaica, sempre presente nestes filmes.

Um homem vive uma vida normal, até ao momento em que surgem problemas atrás de problemas. A sua mulher troca-o por um estranho amigo com uma atitude demasiado positiva, o seu emprego na faculdade está em risco depois de ter chumbado um aluno asiático, os seus filhos preocupam-se com coisas que não interessam a ninguém... E no meio disto tudo ele começa a questionar a sua fé. Assim, dirige-se a vários rabinos, que lhe contam histórias curiosas mas que não o ajudam em nada.

No fundo, o filme quase que diz que as histórias e o método destes representantes religiosos são perfeitamente inúteis para os problemas do dia a dia. E o homem acaba por não descobrir nada de interesse que o possa ajudar.

Infelizmente, neste filme, os personagens acabam por não estar propriamente caracterizados. As suas figuras aparecem apenas como retratos de uma situação e os momentos reveladores das suas personalidades são insuficientes. Sobretudo no caso da filha, que parece apenas preocupar-se em lavar o cabelo, sendo que teria sido interessante termos também essa perspectiva.

A parte que gostei mais do filme é que finalmente há uma conversa sobre a cultura judaica sem entrarmos numa profusão de auto-comiseração e perseguição emocional.

Finalmente, não gostei nada do final. O filme parece estar incompleto, porque a verdade é que não se chega a lugar nenhum.

Desapontou-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário