28.9.16

A Odisseia de Penélope

A Odisseia de Penélope
Margaret Atwood
2005
Romance

Recebido pelo BookCrossing, este é um livro que se esforça por fazer uma espécie de desconstrução do mito grego de Penélope, conforme a "Odisseia" de Homero.

Narrado na pessoa de Penélope, conta a forma como, de maneira muito estranha, ela ultrapassa os problemas do seu casamento e do desaparecimento de Ulisses, seu marido, em que se vê rodeada de pretendentes e com um filho adolescente muito mal-criado para educar. O discurso é tão simples que pode tornar-se básico, com uma forma moderna e directa de dizer as coisas que não se coaduna com a época a retratar. Muitos dizem que isto será defeito da tradução, mas acredito (pelos outros livros da autora que já li) que o objectivo é mesmo este: modernizar a história.

Mas não posso dizer que tenha gostado.

Para além disso há a intervenção do coro das servas, que me pareceu muito inútil e, eventualmente, mal traduzido a um ponto que se possa dizer que são desagradáveis. O efeito cómico de "o coro grego vai fazer sapateado" é mínimo, porque não faz sentido.

Este livro lembra-me uma má adaptação à broadway.

Sem comentários:

Enviar um comentário