6.11.14

Urusei Yatsura: Beautiful Dreamer

Urusei Yatsura: Beautiful Dreamer
Mamoru Oshii - Studio Pierrot
Anime - Filme
1984
6 em 10

Vi este filme para o meu clube, mas irei votar que não.

Na verdade, e quem me conhece sabe isto, eu abomino todos as instâncias criadas por esta pessoa Rumiko. Detesto, e detesto mesmo, a Lum e todas as pessoas à volta dela. Vi isto há muito, muito tempo, seguramente há décadas idas (bem, não tantas assim) e o pouco que me lembro é que detestava todos os aspectos. Simplesmente não acho graça a isto. Ainda assim, muni-me de toda a minha boa vontade para ver este filme, uma hora e quarenta minutos. E se por um lado o filme não é de todo mau... Simplesmente poderia ter sido feito com um conjunto de personagens completamente diferente.

Para começar, não é simples seguir o filme quando pouco ou nada se lembra do universo de Urusei Yatsura. Todos aparecem tendo em conta que já temos um conhecimento prévio. Assim, os personagens não sofrem desenvolvimento, nem progressivo nem retrógado, pois são aqueles que "todos conhecemos" (menos eu). São os personagens a principal falha do filme, pois são simplesmente insuportáveis na sua génese. Deve haver quem goste. Em certo sentido, esta é uma opinião inteiramente subjectiva.

A história, essa, tem um conceito muito interessante. Será que a realidade é um sonho que se repete? Ou será que o sonho é que é a realidade? Até se chegar a este ponto, dançamos entre a descoberta das diferenças deste universo para o universo real e, depois, fazemos uma corrida por vários sonhos idealizados por um antagonista muito pouco convincente. Estes sonhos, envolvem - quase todos - maminhas. E aí está uma coisa que era perfeitamente dispensável para se explorar o conceito. Mesmo que haja quem lhe encontre piada.

Em termos de arte, temos duas variações. Em certas cenas, temos uma animação absolutamente primorosa, extremamente original, com excelente uso de perspectivas e cenários altamente originais, que ilustram muito bem o objecto pedido pela narrativa. Mas noutras cenas, temos movimentos repetidos, expressões pouco detalhadas e, no fundo, uma busca constante por um objectivo cómico que nunca é conseguido.

Musicalmente, temos muito pouco a apontar. As vozes tentam ter a sua graça, mas em nada são capacitadas. As músicas não têm muito que se lhe digam. E a ED é um pop muito típico da época, mas que calha um pouco mal tendo em conta todo o teor anterior do filme.

No geral um filme que desapontou. Não fez renascer uma paixão latente sobre Urusei Yatsura, de todo. Trata de um assunto complexo e muito interessante, mas os personagens são tão fracos - apesar de únicos - que tudo se resume a uma mixórdia visual pouco organizada. Não fosse a arte, que tem momentos brilhantes, e nada salvaria este anime.

Sem comentários:

Enviar um comentário