13.11.14

Interstellar

Interstelllar
 Cristopher Nolan
Filme
2014
7 em 10
 
Fomos ao cinema! Quarta feira é um dia um pouco estranho, mas foi o que se combinou com o pessoal. Até se reuniu bastante gente. :)
 
PAra vermos este filme temos de partir de um princípio, uma verdade inabalável: o mundo está a acabar. Pragas assolam os terrenos de cultivo e imensas tempestades de pó perturbam todos os habitantes que restam neste planeta. Cooper costumava ser engenheiro e astronauta antes de se dedicar às ceifeiras debulhadoras. Mas quando um misterioso "fantasma" envia uma mensagem, descobre que tem a capacidade de ir ao espaço e descobrir um mundo novo para a humanidade viver. 
 
E a partir daqui tudo poderá ser um spoiler grave.
 
No aspecto das viagens espaciais, o filme está bastante bem construído. As ideias têm um fundamento científico, o que as torna bastante realistas. Existe uma dinâmica importante relacionada com a teoria da relatividade e o factor "tempo", que está explorada de forma interessante através das relações entre os personagens.
 
Estas, são muito fortes e são aquilo que dão a humanidade ao filme. Vive-se um drama familiar, não só pela distância mas também pelo tempo, que apenas tem resolução no final e que é muito bonita e comovente. Os actores participam nisto com excelentes capacidades, transmitindo com emotividade estes valores. Pois a certo ponto, não queremos saber muito mais sobre se vão salvar a humanidade ou não. Infelizmente, aparentamos estar todos condenados. Queremos saber apenas se Cooper se vai reunir com a família ou não.
 
Dentro da teoria dos wormholes e buracos negros, o final dá uma perspectiva muito interessante, em que o tempo se torna uma dimensão física. Ficou apenas a dúvida: se foram os seres humanos do futuro que enviaram o wormhole e deram a Cooper a capacidade de encontrar a solução para o problema, como é que eles chegaram lá ao início? É um argumento circular, uma pescadinha de rabo na boca, e se alguém tiver algum esclarecimento lógico pode por favor por aqui como comentário... Pois foi essa a minha dúvida principal.
 
Gostei também da perspectiva extremamente negativa do nosso futuro, dado que os três planetas visitados são todos horríveis. E são também muito originais! Um tem água, outro tem gelo, outro é um deserto... Parece uma perspectiva bem triste. Mas fiquei com a ideia de que, certamente, nos iremos safar. :>

Sem comentários:

Enviar um comentário