28.2.16

Ore, Twintails ni Narimasu.

Ore, Twintails ni Narimasu.
Kanbe Hiroyuki - Production IMS
Anime - 12 Episódios
2014
5 em 10

E agora é momento para ver um anime de comédia. Mas, como sempre, não me ri nem um bocadinho.... Será problema do anime? Será problema meu? O mistério mantém-se...

Um rapaz taradão por twintails (doravante conhecidos como "tótós") vê-se na situação de ter de combater contra uns monstros maléficos que ainda são mais taradões que ele. Para isso, transforma-se numa guerreira de tótós que lança raios laser da sua poderosa armadura. Para o ajudar tem uma moça azul e uma moça amarela. E é apenas isto.

A história, supostamente, é uma paródia. Mas uma paródia exactamente a quê? Dizem-me que é a gozar com toda a cultura ota-cu, mas essa dimensão está para além da minha compreensão porque não vi qualquer tipo de referência útil ou menos básica que pudesse demonstrar que isto é algo a gozar com alguma coisa. Parece ser um anime que repetidamente goza apenas consigo próprio o que, de certa forma, acaba por ser válido.

Os personagens são inanos e não têm qualquer tipo de conteúdo. Limitam-se ao seu fascínio por tótós, ao seu desespero pelo tamanho dos apêndices mamários. Os personagens mais interessantes acabam por ser os monstros, já que cada um tem uma taradice diferente a que se dedica. Talvez sejam os maus a parte em que estão a gozar com a cultura ota-cu? Fiquei sem perceber.

A animação não está nada má, mas acaba por estar muito limitada a um conjunto de gags que derivam em explosões variadas. As cores são simples, os fundos pouco detalhados. Os designs das armaduras não fazem muito sentido e parecem existir para mostrar corpos. Felizmente, o conteúdo ecchi não é tão acentuado como eu estava à espera no início.

Musicalmente, é um anime fraco, com peças desinspiradas e OP e ED perfeitamente esquecíveis.

Assim, será certamente um daqueles animes a que vou dizer non.

Sem comentários:

Enviar um comentário