7.2.16

A Lição de Anatomia

A Lição de Anatomia
Philip Roth
1983
Romance

Livro que me foi oferecido pelo meu aniversário, provavelmente tendo em conta que chumbei mil milhões de vezes a anatomia antes de conseguir passar a essa disciplina maléfica.

Conta a história de um escritor famoso que se vê atormentado por uma dor física incapacitante. Este homem, um judeu odiado pelos seus pares devido àquilo que escreveu, está a sofrer bastante e tenta encontrar coisas que o libertem desta dor nas costas. Essas coisas são o vodka e as ganzas, assim como o entretenimento fornecido por um harem de quatro mulheres muito diferentes umas das outras.

O romance tem uma estrutura muito sólida e a narrativa progride de forma lógica, pontuado por vezes por alguns flashbacks que explicam elementos como a relação que o personagem tem com a figura feminina. Este desenvolvimento dado às mulheres acaba por ser um pouco fastidioso, assim como o discurso pornográfico do fim do livro, em que o personagem desiste de ter lógica e cede a uma loucura psicológica iminente.

A forma como o personagem tenta mudar de vida, como meio de se libertar da dor, é quase inspirador, excepto que é inconsequente. Nunca sabemos se o personagem vai conseguir ser uma pessoa saudável, emocional e físicamente. Isto deixa água na boca para saber um pouco mais, coisa que não acontece e pode ser um pouco frustrante.

De resto, o livro está escrito de forma excelente e é uma leitura altamente viciante. Também tem algumas imagens bastante belas que tornam a narrativa bastante intensa em certos momentos. Gostei imenso de o ler!

Sem comentários:

Enviar um comentário