22.12.15

Young Black Jack

Young Black Jack
Kase Mitsuko - TBS
Anime - 12 Episódios
2015
6 em 10

Termina a season e, com ela, todos os nossos sonhos e esperanças. Infelizmente, apesar de ter visto poucos do que estavam no ar, não se pode dizer que esta season de Inverno tenha sido alguma coisa de especial. De entre os que terminei, que foram apenas dois, talvez este tenha sido o melhorzito, tal como competa a uma história inspirada pelo mestre Osamu Tezuka.

Este anime é uma espécie de prequela à história de Black Jack, o médico misterioso que opera sob condições impossíveis, exigindo também pagamentos impossíveis. Aqui vemos a sua juventude enquanto estudante de medicina e o seu envolvimento na guerra do Vietname, assunto que (curiosamente) não é muito explorado na animação nipónica.

O anime pode dividir-se em alguns arcos em que ficamos a conhecer cada vez mais sobre cada um dos personagens, com especial ênfase para o nosso "Black Jack", pessoa misteriosa cheia de cicatrizes. O seu caminho até ao mundo da medicina é explicado e podemos ver os eventos que alteraram a sua vida até ele se tornar no ícone que todos conhecemos. Quanto aos outros personagens, têm eventualmente uma história de fundo com interesse, mas não sofrem muito desenvolvimento.

O interesse principal desta história está, então, no tema. Assistimos a cirurgias implacáveis, com uma exactidão histórica que não deve ser ignorada, e com soluções tanto originais como, segundo o pouco que sei (nunca lhe dei muito em cirurgia), impossíveis. Ainda assim, é muito interessante ver os métodos, técnicas e materiais utilizados, que são de certa forma inspiradores para aqueles que tenham vontade de saber mais sobre o assunto.

A animação não é brilhante, mas também não está má. Fazem uso de algumas soluções técnicas simples mas muito eficientes, o que torna a progressão das cirurgias em eventos compostos e muito intensos (quase tanto como uma cirurgia verdadeira que, devo dizer-vos, provoca um stress mental e emocional brutal). Talvez pudessem ter utilizado uma paleta de cores mais texturizada, para dar um efeito mais antiquado e apropriado à época em que a série se passa.

Musicalmente, não há muita coisa a apontar, sendo que a OP e ED são bastante vulgares.

Enfim, um anime que deixa vontade de ver original e conhecer mais sobre o personagem. Também inspirador para futuros médicos, se é que algum médico tem tempo para ver animus.

Sem comentários:

Enviar um comentário