22.12.15

Subete ga F ni Naru

Subete ga F ni Naru: The Perfect Insider
Kanbe Mamoru - A-1 Pictures
Anime - 11 Episódios
2015
7 em 10

Este também é um anime da season de Inverno, mas não o vi nesse contexto. Na verdade, esperei que terminasse, pois foi-me sugerido por um amigo enquanto estávamos num evento. Bem, não tive de esperar muito. Foi sem dúvida a minha surpresa do ano, talvez o premiado com AOTY (esse suposto prémio que tanto gostamos de atribuir).
 
Tudo começa quando uma rapariga e o seu professor se dirigem a uma ilha isolada do mundo para conhecerem um génio da programação, uma mulher que vive também ela isolada num quarto dessa ilha. Ao chegarem, ocorre um misterioso assassinato, sendo que qualquer um deles poderá ser o culpado. É tentando buscar a solução para esse mistério que se processa a narrativa.
 
Temos uma história policial interessantíssima e muito inteligente, com perguntas e soluções que se seguem e se tornam cada vez mais intrincadas. É o tipo de anime que nos põe a pensar ao mesmo nível dos personagens, sem nunca revelar demasiado, sendo que todas as descobertas se apresentam como uma surpresa, sem nunca descurar o mistério e o desenvolvimento das pessoas que nele estão envolvidas.
 
De entre estas, existem vários tipos: os que estão a resolver o mistério; os que estão lá por acaso; e a vítima. Esta, perante os acontecimentos, é quem sofre o maior tipo de desenvolvimento. Podemos perceber cada vez melhor o que se passa através dos diversos flashbacks da sua vida, sem no entanto nos ser dada demasiada informação de forma a que possamos descobrir quem é o "criminoso" antes do tempo certo. Os diálogos entre todos estão muito bem construídos e permitem-nos uma visão mais profunda de cada um deles, tornando-os aprazíveis e causando um grande grau de empatia.

A arte é colorida e brilhante, com alguns momentos gráficos muito interessantes em termos de construção do cenário. No entanto, alguns elementos em CG são demasiado evidentes e destoam bastante do resto do contexto idílico em que a série se passa, se bem que - considerando que grande parte deles aparecem num mundo digital - fazem sentido dentro do universo em que se inserem.

A OP é fascinante, com uma animação muito original e apropriada, sendo que a ED também não lhe fica atrás. No resto da banda sonora, encontramos peças que, sendo simples e discretas, se enquadram perfeitamente nas cenas que ilustram.

Um anime memorável.

Sem comentários:

Enviar um comentário