7.2.17

Que Importa a Fúria do Mar

Que Importa a Fúria do Mar
Ana Margarida de Carvalho
2013
Romance

 Recebi este livro pelo BookCrossing, num Ring. 

Existem alguns livros que se podem definir numa única palavra. A deste é: petulante. Cada vez mais me convenço que para um livro ter sucesso em Portugal e ganhar prémios em geral tem de falar sempre de temas relacionados com a ditadura ou a guerra colonial. Mas neste caso em específico, a autora não faz de todo um bom trabalho.

Duas histórias se misturam aqui: a do homem que esteve preso no Tarrafal e a da jornalista que o está a entrevistar. Existe uma obsessão com uma mulher perdida a quem o homem enviou umas cartas. E descrições altamente detalhadas dos horrores horríveis e horrendos da dita prisão.

No entanto, passa-se aqui uma coisa que não funciona de todo: a escrita. A autora mistura os seus conceitos altamente modernos e plenos de "piada" com coisas que não estão adequadas à época. Por exemplo, porque é que uma pessoa nos anos 40-50 faria "um link entre sinapses"?

Para além disso, a autora faz questão de dizer frequentemente que este livro é um livro. Uma espécie de quebra da quarta parede, mas que apenas dá toda uma aura de auto-glorificação à escrita.

Um livro que me irritou pela personalidade que transmite. Cada vez mais desisto do Prémio Leya.

Sem comentários:

Enviar um comentário