24.6.15

Shirobako

Shirobako
Mizushima Tsutomu - Sotsu Agency
Anime - 24 Episódios
2014
6 em 10

Interrompemos a programação habitual para ver um anime para o meu clube e para variar um bocadinho da longa série a que venho assistindo.

Este é um anime curioso: um anime sobre fazer anime. Seguindo as vidas de diversos personagens, cada um ligado a uma fase diferente da produção de uma série do género, relata-nos todo o processo de criação de uma forma simples, directa e, por vezes, divertida. O anime foca-se na criação de duas séries diferentes, uma primeira e segunda parte, com todos os problemas e complicações que, porventura, serão comuns na produção deste tipo de coisa. É interessante o processo de aprendizagem dos personagens, que começam como novatos e vão ganhando experiência, pois podemos extrapolá-la para o nosso próprio conhecimento: tome-se o espectador como uma tabula rasa, que cresce juntamente com a série. É-nos dada muita informação e torna-se numa experiência interessante: será que na produção de Shirobako aconteceram todos estes problemas, tal e qual os relatados? Quanto dos autores, do estúdio de produção, quanto das suas emoções  e sentimentos, poderá estar implícito na série?

Os personagens não têm muita complexidade. Cada um deles representa uma fase de produção e os seus problemas pessoais são também os problemas dessa fase criativa. Quando evoluem, o anime evolui com eles. No entanto, não os podemos distinguir como "pessoas", isto é, não têm em si o drama humano necessário para que sejam únicos, para que se separem da sua função na série. Para mais, a maioria dos seus problemas está relacionado com a gestão do tempo, o que - embora realista de certa forma - acaba por ser ligeiramente repetitivo.

A arte tem o seu interesse por mostrar as diversas fases, do storyboard à arte final. No entanto, as imagens mais primordiais poderiam ter um tipo de produção diferente, pois o retoque digital está muito presente e torna estes elementos pouco realistas. Falando no digital. existem alguns momentos de CG evidente que poderiam ter sido evitados com um planeamento diferente.

Musicalmente, temos uma banda sonora bastante aceitável. OPs e EDs divertidas e apropriadas ao género de coisa a que vamos assistir, com sonoros no parênquima que trazem grande energia aos momentos. Fique a nota, também, para os actores de voz, que muitas vezes interpretaram outros membros da sua profissão. Deverá ser uma experiência estranha para eles, mas o resultado está bastante bom.

Uma série curiosa para fãs de anime, mas que não terá grande interesse para aqueles que nunca experiênciaram este tipo de media.

Sem comentários:

Enviar um comentário