7.3.17

T2 Trainspotting

T2 Trainspotting
Danny Boyle
2017
Filme
6 em 10

Lembram-se do Trainspotting? Fomos ao cinema ver um pouco mais de comboios ;)

Vinte anos depois, todos os nossos amigos estão mais velhos, as vidas de todos estão diferentes. Quando Renton volta para os seus, há um misto de desejo de vingança e amizade. E, claro, um regresso às falcatruas de sempre.

Este é um filme nostálgico, em que um grupo de pessoas dos seus 40 anos observa o seu passado enquanto consumidores de droga e contempla o que poderiam ter feito melhor, como se divertiram na altura, como mudaram, o que podem fazer agora. É um tema, por vezes, difícil e um pouco desconfrotável, mas este filme faz uma avaliação simples, com a oposição do regresso à droga pela parte de uns e da saída dela pela parte de outros.

A narrativa é muito simples e, curiosamente, não demonstra grande evolução dos personagens, apesar de se terem passado estes anos todos. Existem referências constantes ao filme anterior, incluindo flashbacks com as suas imagens, que achei um pouco desnecessárias. Da mesma maneira, a forma como tudo estava filmado (com muitas pausas e slow-motions) acabou por se tornar um pouco cansativa. 

Este filme não é tão focado na comédia e no absurdo como o anterior, mas também tem os seus momentos. Talvez a parte mais curiosa seja a banda sonora que, actualizada com os nossos tempos, continua igualmente eclética.

Também a referência a todas as novas tecnologias e o novo "choose life" dão muita força ao filme.

Não gostei tanto como o anterior, por isso lhe dei uma nota mais baixa, mas ainda assim valeu a pena ir vê-lo ao cinema.

Sem comentários:

Enviar um comentário