26.3.17

Paterson

Paterson
Jim Jarmusch
2016
Filme
7 em 10

Como a vida normal de um condutor de autocarros, numa cidade um pouco incógnita, se pode tornar numa análise poética das sensações humanas e do mundo que nos rodeia? Paterson, nome do personagem e da cidade onde vive, é um filme que consegue fazer precisamente isto.

Seguindo uma semana da vida do jovem Paterson, assistimos a pequenos detalhes e problemas normais que, se formos a ver, não têm nada de importante. Mas Paterson tem uma característica muito própria: ele escreve poesia. Acompanhamos os poemas que ele vai escrevendo e pequenos dilemas que o inspiram. O mundo aparece como fonte de inspiração e concluímos com o facto de que não vale a pena desistir quando a inspiração chama mais alto.

Um filme contido, introvertido e intimista, que faz uso dos detalhes com uma calma contagiante. Todos os elementos, desde os cenários à música, contribuem para tornar este filme numa espécie de poema visual.

Acaba por ser uma experiência muito inspiradora. Recomendo!

Sem comentários:

Enviar um comentário