10.3.17

Mobile Suit Gundam Thunderbolt

Mobile Suit Gundam Thunderbolt
Matsuo Kou -  Sunrise
Anime OVA - 4 Episódios
2015
7 em 10

Apesar de adorar o universo Gundam, já há algum tempo que não via nada de novo. Este OVA, lançado entre 2015 e 2016, veio preencher essa lacuna.

Situado na timeline de Universal Century (UC), mostra-nos uma perspectiva diferente da guerra entre a Earth Federation e o império de Zeon. Em quatro curtos episódios (cerca de 18 minutos cada um) é-nos mostrada a oposição entre estes dois exércitos da maneira mais realista possível, correlacionando as estratégias bélicas com o horror decorrente destes acontecimentos para todos os envolvidos. Com cenas de uma violência brutal (como a destruição de um zaku perspectivada pelo seu próprio piloto), é um anime que fala dos sacrifícios necessários para que se possa salvar algo de mais importante. Como vencer uma maquinaria infalível (Gundam) para salvar os nossos parceiros, os outros militares que, por uma razão ou outra, estão aqui. É um anime que demonstra o apogeu do horror, mas sem nunca ser gratuito. Um exercício de imaginação que nos relata o como todas as guerras são tremendas, mesmo que inevitáveis, com todos os factores humanos envolvidos.

Os personagens têm uma caracterização simples e algum desenvolvimento, mas senti que o anime foi demasiado curto para que se pudessem explorar todas as nuances destas relações entre militares e as pessoas que os rodeiam. No entanto, a caracterização é suficientemente completa para que o efeito retido das batalhas seja brutal.

A isso ajuda uma animação exemplar, com designs muito detalhados e cuidados, sem exagero nas cenas de acção mas ainda assim com efeitos especiais extremamente bem conseguidos. As cores são vivas, apesar do ambiente muitas vezes escuro e a correcção da anatomia acaba por se tornar fascinante.

Também a música tem um pouco de genial, pois está cheia de personalidade. Com uma sonoridade muito jazzística, a ironia da banda sonora utilizada ajuda muito neste retrato do terror.

Talvez o único aspecto que me tenha impedido de dar uma nota mais alta seja a falta de acessibilidade que este anime demonstra para quem não está dentro do universo Gundam. As relações entre a Federation e Zeon não são explicadas, assim como há referência a vários conceitos (como as partículas minovsky e os Newtypes) que seriam incompreensíveis para alguém que nunca viu nada do franchise. Assim, um anime que poderia ser perfeito para mostrar a não-fãs de anime, pode acabar por se tornar muito confuso a quem não tenha noção do contexto.

De todos os modos, recomendo vivamente. Uma das melhores coisas que Gundam nos revelou ultimamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário