7.3.17

A Frágil Doçura do Bolo de Limão

A Frágil Doçura do Bolo de Limão
Aimee Bender
2010
Romance

Conforme terminei a minha TBR, decidi obter outra pela via mais fácil: ir ao quarto da minha irmã, roubar todos os livros que ainda não tinha lido e... Lê-los a todos! =D Comecei por este que, pelo que entendo, foi um presente do meu pai para a figurinha em questão.

A ideia desta história começa por ser bastante interessante: uma miúda descobre que pode sentir os sentimentos das pessoas que fazem as comidas, depois de as provar. No entanto, a forma como tudo isto evolui, durante a infância, adolescência e vida adulta da personagem... Deixa muito a desejar.

Para começar, se uma pessoa começa por perceber todos os detalhes da comida, porque tem medo de a comer? É certo que a mãe da personagem tem sentimentos terríveis quando cozinha, mas isso é justificação para odiar alimentar-se durante grande parte da sua vida? Não seria mais realista que ela aproveitasse este seu talento secreto para fazer outras coisas úteis? Acaba por fazer isto mesmo no final, mas mesmo assim soube a pouco.

Par além disso, a história paralela do irmão é muito bizarra. E não digo isto de uma forma boa. É simplesmente estranha, acabamos por não perceber grandemente o que se passou (transformou-se numa cadeira? Quê?

Ninguém neste livro tem nenhuma caracterização especialmente desenvolida e a personagem principal acaba por se tornar progressivamente mais irritante, sem que nos consigamos identificar com o seu "problema".

Um livro mal pensado, mal estruturado e nem por isso muito bem escrito.

Sem comentários:

Enviar um comentário