18.1.16

Digimon Adventure Tri: Saikai

Digimon Adventure Tri: Saikai
Motonaga Keitarou - Toei Animation
Anime - Filme
2015
6 em 10

Confesso que foi com grande excitação que recebi a notícia deste filme. Afinal, Digimon foi uma parte integrante da minha infância e adolescência. Lembro-me que ao início rejeitei vê-lo: "não passa de uma imitação barata do Pokémon!". Mas depois, à medida que me fui embrenhando no mundo digital, fui percebendo as diferenças essenciais e passei a viver o mundo como se eu própria fosse uma digi-escolhida. Qual seria o meu amigo digimon? Bem, gosto de todos. :) Menos daqueles que são baratóides.

Enfim, este filme foi uma grande emoção. Foi realmente comovente ouvir a música logo ao início, que cantei atabalhoadamente em Português enquanto recordava aquela vez num evento de anime que fizeram um comboio quando passou (foi um pouco deprimente, mas foi fixe também). Mas, à medida que o filme foi decorrendo, re-ganhei a minha objectividade e acidez característica e acabei por admitir que não lhe podia dar mais que uma nota mediana, tal como o dei às séries que vi.

Pois bem, neste filme tudo começa com a vida normal dos nossos amigos na escola. Um dia desses, há vários eventos importantes: um concerto, um jogo de futebol, etc. E nesse dia, há uma falha qualquer na divisão do mundo normal e do mundo digital e o nosso universo é invadido por um feioso que se mete a destruir tudo. Tai prepara-se para o parar com as suas próprias mãos quando... Aparecem os nossos amiguinhos digitais!

Até aqui tudo bem. Infelizmente, achei que o facto de todos terem digivoluído assim que aparecem um pouco exagerado e sem contexto, como se as digivoluções fossem apenas uma oferta para os fãs e não fossem de todo necessárias para a narrativa. Esta, não tem consistência e não procede com um ritmo adequado. Apesar de o filme estar cheio de acção, acaba por não se chegar a lado nenhum, servindo apenas como um ponto introdutório ao tema. Sei que existirão outros filmes (mais três, segundo consta), mas gostaria que tivesse havido mais conteúdo nesta primeira instância.

A animação não está má mas, apesar dos elevados valores de produção, não existem cenas espectacularmente bem feitas. Está bastante mediano, até. Surpreendentemente, ao contrário de muita gente, até gosto bastante dos novos designs. Nos digimons não se nota muita diferença (estão mais magrinhos, talvez), e nas pessoas a evolução do estilo combina bem com o crescimento físico dos personagens. Infelizmente, estes não são explorados nas suas diferenças em toda a plenitude. Existem vários momentos em que os personagens referem o quanto mudaram ao longo dos anos, mas no fundo a mudança não é de todo evidente e mantêm-se exactamente iguais àquilo que eram há 10 anos atrás.

A música é absolutamente nostálgica e uma das melhores partes do filme.

No entanto, todo o filme acaba por ser um aviso à nostalgia, apenas um presente de fãs para fãs. Não me parece que sirva bem para introduzir novas pessoas no universo desta fandom e acaba por ser uma mera bolachinha que, sabendo bem, acaba rápido e se esquece facilmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário