12.3.15

Sentou Yousei Yukikaze

Sentou Yousei Yukikaze
Ohkura Masahiko - Gonzo
Anime OVA - 5 Episódios
2002
6 em 10

Este OVA conta a história de uma guerra. É contra entidades alienígenas, mas poderia ser contra qualquer tipo de criatura. Através da relaçao piloto-máquina e da interacção com os seus pares e superiores, é-nos relatada uma guerra realista, contra um misterioso inimigo que rapidamente se poderia considerar humano tal como nós.

Infelizmente, esta história com grande potencial falha em alguns aspectos. A narrativa não está bem estruturada e os personagens encontram-se pouco desenvolvidos, sendo que teria sido agradável conhecer um pouco mais sobre as suas motivações para nos entendermos melhor dentro deste contexto. Apesar do realismo impresso a todos os aspectos (por exemplo, a maquinaria limita-se a aviões), estes personagens acabam por ter uma aura um pouco fantasiosa, como se cada um deles tivesse mais "poderes especiais" do que aquilo que realmente têm ou que seria humanamente possível. Desta forma, a suposição primária deste anime (realismo) e a sua execução tornam-se antagónicas. Isto é realmente muito estranho.

Este OVA poderá ser considerado uma revolução dentro do universo da animação, pois integra uma produção elevadíssima em CG tridimensional com os personagens bidimensionais de sempre. Apesar de a técnica ser um pouco arcaica (e tal se notar de forma flagrante) parece-me uma excelente introdução neste campo e parece-me que terá aberto caminhos para toda uma nova série de técnicas. Acredito que o efeito geral tivesse tido melhor resultado se os cenários de céu e nuvens fossem um pouco mais detalhados ou que não se apoiassem tanto no CG (o que os torna pouco acreditáveis e, dizendo as coisas como elas são, muito feiinhos)

A banda sonora não tem nada de especial, se bem que a ED me recorda o rock-n-roll da época das guerras Americanas, o que acaba por calhar muito bem dentro do contexto.

Um anime que pode ter tido o seu lugar ao sol há uma década, mas que hoje em dia serve apenas como representação do seu tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário