1.9.14

Cruel Intentions

Cruel Intentions
Roger Kumble
1999
Filme
5 em 10

Filme que se apanhou pouco antes do meio, já passava hora de ir dormir, mas que se ficou a ver porque a vossa narradora não consegue estar à frente de uma televisão a passar coisas em movimento sem se concentrar completamente no assunto, mesmo que não esteja a perceber nada.

Porque, realmente, até eu perceber quem era quem no filme demorou uma eternidade. Era toda a gente parecida. Mas eu também vejo mal ao longe.

Sebastian tem uma meia-irmã muito má que faz uma aposta com eles. Se for para a cama com a miúda mais inocente da escola ganha a aposta, se não perde a aposta. Mas Sebastian apaixona-se pela moça.

É um filme divertido, que não merece a bolinha vermelha, com personagens muitos simples mas interessantes e alguns detalhes em estilo grunge que fazem rir. De resto, é quase terrível. A história não é muito interessante e os actores não fazem muito por ela.

Salva-se a música, que tem alguns momentos bastante nostálgicos. Bem, na época eram modernos...

Bom filme para ver antes de ser um pedregulho cheio de musgo.

Sem comentários:

Enviar um comentário