26.5.13

Desconhecidos

Desconhecidos
Taichi Yamada
1987
Romance

Taichi Yamada, Taichi Yamada, eu conhecia este nome de qualquer lado, será que já tinha lido este livro? Afinal não, o que tinha lido era o Em busca de uma voz distante. Este segue a mesma linha de mistério e fantasmas.

No entanto, o personagem principal parece estar a falar dos assuntos com uma indiferença tão marcada que é impossível identificar-nos com ele. Assim, a história que poderia ser assustadora torna-se irrelevante. Sabemos que ele sobrevive no fim, porque é ele o narrador, certo? Enfim, a escrita não é tão envolvente como o desejado numa história de mistério e fantasmas. O que já era um problema no outro livro que tinha lido dele.

A resolução é surpreendente. Eu quase me tinha spoilado (apodrecido) porque li um comentário no bookcrossing a dizer "não estava à espera que *personagem* fosse quem fosse". Eu pensava que essa personagem era o Hideo, mas estava enganada. Então surpreendi-me. Surpreendi-me também com o detalhe dado a tudo o que rodeava a personagem em causa, porque foi inserido de forma delicada. No entanto, foi dado como evidente pelo narrador, o que estupidifica um pouco o leitor.

Acho que, apesar de ser Japonês e de eu ser japanóide, não voltarei a pedir para ler livros deste autor.

Sem comentários:

Enviar um comentário