6.5.16

Lazarilho de Tormes

Lazarilho de Tormes
???
1554
Romance

Tendo conhecimento de que eu estava empancada na leitura do D. Quixote, um amigo decidiu oferecer-me este livro para me motivar. Trata-se de um volume muito curto, antecessor deste fundador do romance moderno, que conta a história de Lázaro de Tormes, um rapaz que se vê num desatino para encontrar um mestre bom e um rumo para a vida.

Editado no século XVI, em Espanha, este livro representa o apogeu do chamado "romance picaresco", isto é, aquele tipo de romance que conta tipos de aventuras das pessoas normais, cheias de graça e de truques na manga. É precisamente isso que o nosso personagem faz ao longo de todo o livro: cada pessoa que encontra é vítima de partidas diversas, que beneficiam o personagem em todos os aspectos. No entanto, ele não faz isto por ser uma má pessoa nem nada que se pareça. Na verdade, ele é vítima de maus-tratos constantes, sendo sobretudo patente a fome que lhe infligem constantemente.

É um livro cheio de graça que dá azo a umas boas gargalhadas. Também (mas isso pode ser mérito da tradução) está escrito numa linguagem muito corriqueira e, sobretudo, acessível. Isto é algo que nunca estamos à espera num livro tão antigo como este, em que acreditamos sempre que tudo vai ser Lusíadaco e muito difícil de compreender.

Portanto, recomendo vivamente esta leitura, sobretudo para aqueles que também estão a enfrentar as aventuras Quixotescas. É sempre bom saber de onde vieram as coisas mais actuais!

Sem comentários:

Enviar um comentário