4.6.12

Genshiken

Genshiken
Ikehata Takashi - Arms
Anime - 12 Episódios
2004
5 em 10

Definitivamente odeio a arte do início dos 00s, mas que se pode fazer?

Ah, ainda nem sequer comecei e já estou a dizer mal! Desculpem. Bem, este anime apareceu-me na pasta de anime para ver e lá foi ele. Fui ler a sinopse e pareceu-me giro, um anime sobre um clube de anime. Tem os seus momentos de interesse, mas de resto é só mais um slice-of-life que aborda as situações de forma simples e contemplativa. Seguimos a vida em comum de um grupo de personagens que, sendo interessantes à partida, nunca saem do mesmo sítio (excepto, talvez, Saki, que começa a aceitar os outros e demonstra uma certa sensibilidade quando confrontada com a situação adversa)

Existem alguns pontos muito engraçados e o anime levanta algumas questões, abordadas por Saki que - por ser um elemento exterior - não compreende o fascínio que uma fandom pode ter. Questões essas que muita gente nos pergunta a nós, que vivemos essa tal fandom. "Se tivesses namorada gostavas que ela fizesse cosplay?" "Esta rapariga é uma criança, como pode haver pornografia dela?" "Sentes-te atraído só por bonecos ou também por raparigas verdadeiras?" Mas de resto a história não avança, porque - na realidade - nem sequer existe.

A arte é horrorosa, detesto. Não há muitas cenas com acções mais prolongadas e as que existem não estão especialmente bem feitas.

A música não adiciona nada e por vezes a sua ausência faz-se notar.

Achei muito interessante terem construído um outro anime de raiz para ser a fandom dos personagens. E os títulos dos episódios são algo de genial.

Recomendo apenas para quem se auto-intitula "otaku". Irão identificar-se com esta série. Mais madura que Lucky Star, mas mais feia, por isso apenas os "otakus" mais old-school irão apreciar as suas nuances.

Sem comentários:

Enviar um comentário