8.7.17

Vinho Mágico

Vinho Mágico
Joanne Harris
2000
Romance

Um livro mais ligeiro para variar dos clássicos da minha nova TBR.

O personagem principal é um escritor que teve apenas um grande sucesso, tendo depois se convertido a escrever ficção científica barata. Como é natural, está farto da sua vida na roda viva inglesa e, num impulso, compra uma casa de campo em França. Lá, irá descobrir segredos do seu passado e inserir-se numa nova comunidade, descobrindo também os seus próprios mistérios.

O livro tem o seu interesse, mas os flashbacks constantes à remota adolescência do personagem tornam-se aborrecidos devido à sua frequência. A maior parte dos aspectos aí relatados não têm qualquer influência nas ideias actuais da história, sendo que o personagem recorrente (e fantasma) do velho Joe não recebe suficiente caracterização em nenhuma das partes, passada ou futura.

Os mistérios que se vão desvendando são irreais na medida em que pecam por uma falta de lógica exuberante. A conclusão do posfácio torna todos felizes para sempre das formas mais improváveis possível.

Para além disso a dicotomia inglesa/francesa está muito mal explorada.

De resto, lê-se bem.

Sem comentários:

Enviar um comentário