23.7.17

Dias à Margem #1


Dias à Margem #1
Evento
Este foi um evento cultural que aconteceu no passado Sábado, no Ponto de Encontro de Cacilhas, local já de si famoso pela sua actividade em prol do desenvolvimento da juventude enquanto polo de cultura.

Chegámos já um pouco tarde, pois o evento propriamente dito já havia começado pelas 15:00, sendo que ainda estivemos um pouco sentados à porta a ver as pessoas que passavam. Lá dentro, começámos por ver uma pequena exposição de fotografia que não me nutriu grande interesse, pois tratava-se de um conjunto de fotos tiradas numa festa com pessoal bezano, ie. os amigos do fotógrafo.

Na parte de fora ocorria um concerto ou DJ Set, do qual não nos conseguimos aproximar, por excesso de gente envolvida na dança e contradança sonora. De todos os modos, era hip-hop e não era nada de extraordinário. Nesse momento assistimos a algo estranhíssimo, um conjunto de pirilampos electrónicos que subiam no céu e atravessaram o rio, pousando como uma bola sobre as nossas cabeças, lá no alto. Invasão alienígena? Estrelas fugindo com medo? Quem sabe...

Finalmente, subimos ao andar de cima onde dois artistas solitários faziam um concerto de electrónica para um público inexistente.

E, no terceiro andar, encontrámos uma exposição, quiçá a parte mais envolvente do evento, em que vários artistas plásticos nos mostravam as suas perspectivas do que é um dia à margem (sul). Também estavam a passar curtas-metragens: vimos uma de extrema violência com recurso a conjuntos de imagens de arquivo. 

E assim foi. Esperemos que haja mais, porque foi divertido. :>

Sem comentários:

Enviar um comentário