9.7.17

Taiyou no Kiba Dagram

Taiyou no Kiba Dagram
Takahashi Ryosuke - Sunrise
Anime - 75 Episódios + 1 Special
1981
5 em 10

Se por um lado Dagram é um anime de robots gigantes um pouco diferente do habitual, é o tipo de série que se deixa influenciar tanto por outros trabalho que perde, à partida, muita da sua originalidade.

Desta feita, o ambiente é de guerrilha. Tentando realizar golpes de estado (às vezes resultam, outras falham), um grupo de soldados guerrilheiros conta com a participação de Dagram, um robot que não sendo especialmente poderoso é o que está à mão para lutar contra os inimigos do novo ideal.

Assim, vemos muitas cenas que tentam explicar o sofrimento pelo qual as pessoas passam enquanto estão no regime, enquanto que por outro lado as forças libertadoras são vistas como um grupo de gaiatos muito divertido, solidário e amigo do seu amigo, uma muito genki força do bem versus maléficos soldados.

Existem demasiados personagens e demasiadas histórias entre eles para que se capte o interesse para o foco principal. Existe uma presença feminina (muito fraca, por sinal) sempre misteriosa, que apoia os jovens com as suas capacidades diplomáticas. Mas isto não contribui muito para o desenvolvimento da narrativa que, até aos episódios finais, se manteve em águas de bacaljau numa sucessão de batalhas e de experiências com novas armas.

A animação, como é natural num anime tão longo desta época, é infeliz. Não existe detalhe nos cenários ou designs, o robot é demasiado genérico para que se distinga até dos inimigos, as cenas de batalha são primitivas. Paleta de cores muito reduzida e quase nenhum sombreamento que nos transmita algum tipo de textura. A bidimensionalidade no seu melhor.

Musicalmente, temos sempre o mesmo conjunto de meia dúzia de peças, que aparecem sempre nos mesmos momentos dos episódios.

Ainda assim, tem de se dar o merecido valor a uma série que, nesta época, se esforça por tocar nos temas da ditadura, da repressão e da luta pelos ideais da juventude e da liberdade.

Não existisse uma coisa chamada Gundam, talvez se destacasse mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário