23.7.17

A Criação do Mundo

A Criação do Mundo
Miguel Torga
1937-1981
Autobiografia

Quando comecei a ler este livro, achei tudo tão improvável que pensava que era uma história inventada. Só muito mais tarde me atingiu a conclusão de que é uma autobiografia em seis actos de um dos autores mais profundos da nossa nacionalidade.

Miguel Torga conta a sua vida desde a infância profunda nas terras transmontanas, passando pela sua adolescência brasileira e, finalmente, a sua grande luta por se poder educar, com esforço e dedicação, contra todas as possibilidades: afinal, era muito difícil para uma criança pobre receber algum tipo de educação superior se não se tornasse seminarista (o que realmente aconteceu, sendo posteriormente abandonado)

Adorei saber que Torga foi médico e todos os pequenos detalhes da actividade, que eu reconheço pela minha profissão. O relato de alguns casos e a forma como estes mudaram a perspectiva do mundo para o autor, a luta constante entre a morte e a criação da vida, a incapacidade de resolver assuntos pela falta de meios, a falta de confiança para sempre inerente à profissão... Revi-me em todas essas coisas!

O autor fala também do tempo em que esteve preso, do sofrimento que por lá passou, não tanto físico mas emocional: afinal, nunca sabemos se vamos resistir às perguntas, à pressão, à tortura, sem antes passarmos por elas. O corajoso em potencial poderá fraquejar a qualquer momento e o autor rapidamente o reconhece.

Sobretudo, este é um livro maravilhoso porque está especialmente bem escrito. Cada palavra nos agarra e nos remete para um Portugal ligado à terra e às gentes da terra.

Fiquei com muita vontade de ler o resto da obra do autor, mas infelizmente muito dela se perdeu graças ao Estado Novo. Ainda assim, lerei o que restou. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário