21.9.15

The Cockpit

The Cockpit
Kawajiri Yoshiaki, Takahashi Ryosuke e Imanishi Takashi - Madhouse Studios
Anime OVA - 3 Episódios
1993
7 em 10

Este OVA, com três histórias curtas, é criação do sempre genial Leiji Matsumoto. Variando bastante dos seus temas habituais, são histórias que falam de aventuras vividas na segunda grande guerra. Fazem-no com uma profunda intensidade e, como sempre neste autor, revelando uma humanidade sofisticada e altamente coerente.

Em todas as histórias há dois temas comum: aviões e a falha. Depois de alguns animes menos bem conseguidos que vi, estava bastante agradada por ver aviões. Era mesmo o que me fazia falta. The Cockpit entrega esse tema na perfeição, com um twist: todas as missões destes aviões falham. E isso, em si mesmo, é o que revela o horror da guerra e a forma como os personagens se livram de ser participantes neste festival macabro. Colocando os personagens em cheque, no meio de dúvidas e temores, o argumento dá-lhes a oportunidade de escolha de participarem ou não nos actos terríveis a que são propostos. A decisão que eles tomam, que talvez seja um acaso, revela a sua força interior e a sua capacidade de, citando, "não venderem a alma ao diabo". Isto é extraordinário nos dois primeiros episódios, mas perde-se um pouco no último, que tem uma narrativa mais leve e infantil e parece não se coadunar com o resto da obra.

A arte é exemplar, com imagens aéreas surpreendentes e uma animação muito cuidada no respeitante às cenas de luta entre os aviões, com tiros e explosões à mistura que agradarão até aos maiores fãs de acção. Algumas cenas são muito belas e a conjugação entre os vários aspectos, tendo em conta o arco narrativo em que se encontram, tem um efeito por vezes comovente. Os directores não esquecem a ligação ao céu, sendo que grande parte das cenas se passam num ambiente luminoso de estrelas, um ambiente bastante original.

Não é muito completo em termos musicais, sendo que as peças utilizadas poderiam ter sido recicladas de outros animes. A ED é bastante apropriada e, no segundo episódio, temos alguns momentos de koto, um instrumento que adoro.

Um anime surpreendentemente belo, que não deixarei de recomendar.

Sem comentários:

Enviar um comentário