16.7.15

Blankets

Blankets
Craig Tompson
2003
Banda Desenhada

Foi-me emprestado pela Ana-san. :) Já tinha lido outro trabalho do mesmo autor, sobre o qual poderão ler aqui.

Esta é uma obra autobiográfica, sobre a infância, a solidão, o primeiro amor, a libertação da religião. Craig Thompson começa por nos contar sobre a sua infância com o seu irmão, em longas paisagens nevadas que nunca terminam. Um manto de neve que cobre todos os painéis, cobertores que cobrem os nossos personagens. A neve é o aconchego, tal como em casa o cobertor é a segurança. 

Craig conta como foi maltratado na escola, como se sentia inadaptado. A sua fuga para o desenho, que acabou por se revelar nesta obra extremamente detalhada, é impedida por uma família altamente cristã. Então, ele procura encontrar-se na religião. Através dela, conhece uma rapariga, apaixona-se, passa uns tempos com ela.

E a neve sempre presente.

É a expressão da solidão, mesmo quando estamos acompanhados.

É uma obra intimista e esclarecedora, escrita e desenhada com melancolia e uma tristeza inultrapassável. Com este livro, compreendemos a solidão do autor, o que acaba por ser desconfortável. Apesar de tudo, ainda há bons momentos: cobertores. A arte é clara, detalhada, original, cheia de padrões e detalhes que apenas trazem mais intensidade aos sentimentos do autor.

Sem dúvida uma obra maior do universo da banda desenhada e graphic novels.





Sem comentários:

Enviar um comentário