17.6.14

Fargo

Fargo
Joel e Ethan Coen
1996
Filme
7 em 10
Já vi este filme há umas duas semanas, mas esqueci-me de escrever sobre ele. Fica, pois, um comentário. Talvez seja um comentário um pouco injusto, porque eu captei muito pouco do final do filme por motivos que não vale a pena enumerar.
Apesar de o filme dizer que é uma história real, isso não é verdade. Depois de saber isso, fico desapontada, porque seria muito mais divertido se tivesse sido verdadeiro. Um homem contrata dois tipos para raptarem a mulher dele, num esquema que vai fazer todos ganhar o dinheiro do sogro rico. No entanto, no meio da neve, do frio e de muitos diálogos hilariantes, tudo começa a correr mal. E aí entra uma polícia que, no desequilíbrio da sua gravidez, vai encontrar os raptores e assassinos!
As personagens são deliciosas. Depois de ler um pouco sobre os actores e o seu trabalho neste filme, fico feliz por ter podido ver tão bom trabalho de actor. Neste filme, cada pessoa é única nas suas neuroses, ficando tudo equilibrado pela figura da grávida, que contrapõe toda a energia negativa com uma neutralidade e calma fascinantes.
Um grande problema de filmes passados na neve, é que não há muita variedade de cores e de imagens. Este filme não foi muito para além disso, mas teve os seus momentos de bonitas paisagens e de interessante composição. O contraste do sangue dá um resultado sempre original.
Terei de rever o filme mais tarde ou mais cedo. Mas não faz mal, porque gostei dele. :)

2 comentários: