24.6.12

O Piano

O Piano
Jane Campion
Filme
1993
7 em 10

Mais um filme visto com a minha avó.

O detentor da mítica imagem do piano na praia afinal é um filme que não é sobre música. Infelizmente, ela ocupa apenas o lugar de ilustração e não é ela que faz mover a história. Eu realmente não percebi o que faz mover a história. Não é o tipo de argumento que eu goste, cheio de insinuações sexuais reprimidas e não tão reprimidas. Não compreendi o que une os apaixonados e não compreendi porque é que o verdadeiro marido era assim tão mau. Também não compreendi como pode uma criança ser tão estúpida.

No entanto a actriz faz um papel fenomenal. Fazer de pianista muda é um trabalho medonho e ela conseguiu-o fazer na perfeição. Óscar completamente merecido. A miúda também faz um grande papel, sobretudo por ser uma criancinha.

As imagens poderiam ser mais belas, todo o filme é um pouco escuro demais. É feita uma boa caracterização do universo circundante, com os detalhes nos indígenas e no entretenimento.

Nota especial também para a música, que eu em tempos soube tocar e agora já não sei. É uma banda sonora extraordinária, mas não sei se se adequa muito à época. Naquela era não se tocavam coisas destas, por mais traumatizada muda que se seja.

Um bom filme, mas sexo a mais.

Sem comentários:

Enviar um comentário