10.6.12

GetBackers

GetBackers
Motonaga Keitarou - Studio Deen
Anime - 49 Episódios
2002
6 em 10

Esta é uma série para a minha lista de "todos os animes BL, Yaoi, Shounen-ai e slashable". Acho eu, pelo menos tem dois gajos muito amiguinhos um do outro e mais uma série de gente gira. É engraçado por alguns momentos, mas 49 episódios disto é claramente demais.

A animação é um ponto forte deste anime e a razão pela qual não lhe dou uma nota mais baixa. É bastante moderna para a época e tem cenas muito boas, apesar de não serem especialmente complexas. A acção está bem construída, misturando alguns elementos de comédia que tornam o ambiente mais leve. Isto pode ser um pau de dois bicos, dado que o ambiente desta série é bastante negro por defeito e envolve muitas lutas e guerras do "submundo" da máfia, dos gangs e dos yakuzas.

Nesse aspecto, a série não sabe muito bem onde quer ir. Isto é quase um "monstro da semana", com personagens recorrentes e alguma ridicularia cómica à mistura. Mas também temos uma história de base que envolve o passado dos dois personagens principais. O principal erro na manutenção dessa história é a passagem do tempo e uma má definição de quem é exactamente o inimigo (isto é, a razão pela qual estão a lutar). Em termos de tempo, o passado destes personagens aparenta ser uma coisa longínqua. No entanto as crianças do passado não cresceram para o presente e a questão que se põe é "será que o passado deles na realidade foi há três semanas?"

Os personagens, além de terem uns penteados profundamente irritantes e espetados, são bastante estáticos. Existem duas facetas básicas, a séria e a cómica, e os personagens limitam-se a transitar entre elas. É divertido ver as suas interacções, sobretudo com o grande grupo de personagens secundários repetentes, mas não há muito mais por onde se lhe pegue.

Um anime com lutas interessantes e uns super poderes engraçados. Gajos giros com abundância, e maricones também. Um tipo que controla os animais, o poder que qualquer veterinário desejaria ter. Mas são quase 50 episódios desta gente à procura de coisas perdidas. Um conceito interessante, mas quye peca pela insistência. A mim bastavam-me 13 episódios que se focassem na história principal e menos serviços de encontrar coisas. Sim, um conceito interessante, que eu quando comecei a ver a série pensei que fosse super original e prático. Depois a minha amiga Andreia disse-me que já existem pessoas com esta profissão na vida real. Chamam-se detectives. :(

Sem comentários:

Enviar um comentário