19.1.15

They Are My Noble Masters

They Are My Noble Masters
Kudou Susumu - Lantis
Anime - 13 Episódios
2008
5 em 10

Como eu vejo anime aleatoriamente, às vezes calham-me estas coisas sem eu saber sequer que as tinha nos planos para ver. Porque é que eu tinha isto nos planos para ver é outra história. Mas, vá lá, não é assim tão, tão, tão mau.
Ren e Hato são irmãos e, depois de sairem de casa, encontram trabalho como criados de um grupo de irmãs muito ricas. À medida que aprendem mais sobre serem criados e sobre como servir os seus mestres, desenrolam-se muitas situações engraçadinhas. Infelizmente, não há nada de realista na exploração do tema, o que torna toda a série numa festa de erotismo e maminhas com muito pouco por onde se lhe pegue. Existem alguns gags bastante engraçados dentro do contexto, sobretudo aqueles com o general dos criados, pelo que a série não é um insucesso absoluto.

Felizmente não há demasiados personagens e não nos perdemos no excesso. Nenhum deles tem qualquer tipo de desenvolvimento, excepto Ren nos episódios finais (em que se conhece a razão pela qual fugiram de casa), e limitam-se a ser um expositor de roupinhas e lingeries. Felizmente que nos animes modernos a lingerie tem um design mais interessante do que as próprias roupas e a sua visualização não se torna num desperdício completo.

A arte não está má, com um brilho próprio e boa utilização de cores. Os designs dos personagens são originais e é fácil distingui-los uns dos outros. Em termos de animação, não há grandes momentos de acção que a demonstrem, mas no que respeita aos movimentos das pessoas está tudo dentro dos conformes.

Na música, temos OP e ED bem animadas e alegres, que decidem o tom leve da série. Quanto ao resto da OST, não é nada de extraordinário, mas há alguns temas muito simpáticos que jogam bem com as acções narradas.

Talvez seja um bom anime para os fãs de ecchi, mas como esse não é o meu caso... Lavo daí as minhas mãos.


Sem comentários:

Enviar um comentário